Matérias » Personagem

Herança real: quem ficou com a fortuna da princesa Diana?

Tanto em dinheiro vivo quanto em itens valiosos, o valor deixado por Lady Di foi muito alto

Isabela Barreiros Publicado em 21/06/2020, às 12h00

A Princesa Diana de Gales
A Princesa Diana de Gales - Getty Images

Em 31 de agosto de 1997, há mais de 20 anos, Diana, a Princesa de Gales, falecia depois de um trágico acidente de trânsito. Além de inúmeros admiradores, deixou também seus dois filhos ainda adolescentes, os príncipes William e Harry, que se tornaram os herdeiros diretos de sua grande fortuna.

Na época, a revista Time colocava a princesa na lista de mulheres mais ricas do Reino Unido. De acordo com a publicação, ela teria obtido grande parte desse dinheiro por consequência do acordo de divórcio com Charles e uma possível herança de seu pai. O valor era de quase 13 milhões de libras. No entanto, ele foi reduzido após a cobrança de impostos e chegou aos 8,5 milhões libras, que valem, hoje, quase 56 milhões de reais.

Lady Di havia deixado um testamento original explicitando seus desejos após morrer. No documento que data de 1993, ela definiu que dois filhos receberiam a totalidade da herança quando completassem 25 anos, além de, claro, dividi-la igualmente.

Enquanto eles não chegavam à idade determinada pela justiça para ter acesso aos bens, administradores da coroa gerenciavam a fortuna, o que fez com que ela aumentasse ainda mais. Os conselheiros reais foram responsáveis por elevar o valor para 20 milhões de libras, após inúmeros investimentos. Eles davam, também, uma espécie de “mesada” por mês para os príncipes e mantinham o dinheiro em segurança até que a dupla pudesse acessá-lo.

Crédito: Getty Images

 

Além da herança em dinheiro vivo, Diana deixou ainda para seus filhos inúmeros itens pessoais que estavam guardados no palácio de Kensington. O icônico vestido casamento usado pela princesa e o anel de noivado em safiras e diamantes ficaram com o príncipe Harry, e um relógio da grife Cartier foi dado como presente para William. Hoje, quem usa o anel é Kate Middleton: o irmão deu a joia para que o outro pudesse pedi-la em casamento.

Diferente do que fora estabelecido pela princesa, os dois não receberam a quantia total quando completaram 25 anos —com aquela idade, eles puderam desembolsar apenas uma parte do valor. A justiça determinou que eles teriam que esperar até os 30 anos para poder retirar toda a herança deixada pela mãe.

Além de aguardar muitos anos, quando puderam finalmente obter a fortuna, a dupla ainda teve que pagar muitas cobranças do governo, como impostos. Eles podem até ser realeza, mas pagaram taxas como todos os britânicos comuns ao receber o dinheiro. Acredita-se que William tenha perdido por volta de 40% do valor devido aos pagamentos obrigatórios.

No entanto, além de seus filhos, a princesa também deixou parte de sua herança para um amigo pessoal. Paul Burrel, seu mordomo durante a vida, recebeu aproximadamente 95 mil libras, por volta de 634 mil reais, de Diana.


+Saiba mais sobre a família real britânica por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

Diana. O Último Amor de Uma Princesa, de Kate Snell (2013) - https://amzn.to/2TgHgPO

The Queen: The Life and Times of Elizabeth II (Edição Inglês), de Catherine Ryan (2018) - https://amzn.to/2RhgNA7

God save the queen - O imaginário da realeza britânica na mídia, de Almeida Vieira e Silva Renato (2015) - https://amzn.to/2xTkiGd

Diana. O Último Amor de Uma Princesa, de Kate Snell (2013) - https://amzn.to/2TgHgPO

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7