Matérias » Guerras

Herança de guerra: 5 bases militares abandonadas pelo mundo

Construídas para durar apenas alguns anos, as estruturas permanecem como uma memória dos conflitos

Alana Sousa Publicado em 24/08/2019, às 08h00

Fortaleza Maunsell
Fortaleza Maunsell - Reprodução

As bases militares são construídas, na maioria das vezes para atender a um evento momentâneo, e após alguns anos, as estruturas fascinantes são abandonadas. A ferrugem, as pichações e o abandono tornam o lugar que foi um dia um ativo centro militar em um cenário desolador.

Conheça algumas das mais fascinantes bases militares abandonadas.

Fort Ord (Estados Unidos)

Crédito: Reprodução

 

Uma das maiores bases militares dos Estados Unidos, o Fort Ord fechou oficialmente em 1992, e transferiu seus militares para a base de Fort Lewis. Suas estruturas incluem edifícios com vista para o mar, inúmeras barracas e até mesmo uma piscina olímpica.

Balaclava Base de submarinos  (Crimeia)

Crédito: Reprodução

 

Base submarina subterrânea utilizada para abrigar navios, na Crimeia, hoje parte da Rússia. Já foi uma instalação militar secreta, localizada na baía de Balaclava. Construída em meados de 1957, durante pico da Guerra Fria entre a URSS e os EUA.

Duga-3 (Ucrânia)

Crédito: Reprodução

 

O enorme paredão de antenas funcionava como um forte radar, nos tempos da União Soviética. Ficou ativo entre 1976 e 1989, e foi desativado por estar localizado perto da Usina de Chernobyl.

Flak Towers (Áustria e Alemanha)

Crédito: Reprodução

 

Construídas na década de 1940, pela Alemanha nazista, os edifícios fazem parte de um complexo de torres instalados nas cidades de Berlim, Hamburgo, Viena, Frankfurt e Stuttgart. O objetivo era a defesa contra ataques aéreos, bloqueando os sinais das aeronaves dos Aliados.

Maunsell Forts (Mar do Norte)

Crédito: Reprodução

 

Construídas para defender o Reino Unido dos submarinos alemães, hoje são relíquias deixadas pela Segunda Guerra. A base foi desativada na década de 1950.