Matérias » Cinema

Don's Plum: O filme proibido de Leonardo DiCaprio

O longa-metragem em preto e branco do início da carreira do ator causou controvérsias por trazer expressões sexistas, insinuações de sexo e muitos palavrões

Isabela Barreiros Publicado em 05/02/2020, às 17h00

DiCaprio no filme Don's Plum
DiCaprio no filme Don's Plum - Divulgação

Em 1995, Leonardo DiCaprio estava se preparando para atuar em um dos mais icônicos filmes da cinegrafia mundial. Titanic estrearia dois anos depois, em 19 de dezembro de 1997. Por estar subindo em sua carreira, visto que seu papel em Gilbert Grape - Aprendiz de sonhador havia causado reações positivas no público, o ator decidiu ajudar um amigo, que estava tentando carreira como diretor.

Naquele ano, DiCaprio, Tobey Maguire e Kevin Connolly gravaram, quase que de improviso, o filme Don's Plum, em preto e branco, em apenas três dias e com um orçamento bem abaixo das produções nas quais eles estavam acostumados. A obra levava o nome de um bar em Los Angeles, nos EUA, onde passava a história. Por mais comum que pareça, no entanto, ele foi proibido nos Estados Unidos e no Canadá.

O primeiro ponto é o conteúdo. Mesmo que pareça uma narrativa despretensiosa, ela está repleta de expressões sexistas, insinuações de sexo e muitos palavrões. Os três personagens estão juntos de suas namoradas, e fazem parte de cenas ousadas. DiCaprio tinha 21 anos na época.

Crédito: Divulgação

 

Além disso, o diretor R. D. Robb havia feito a promessa de que o filme seria apenas um curta-metragem que nunca iria para os cinemas. No entanto, com 1h30 de duração, o longa-metragem foi exibido durante seis dias nos Estados Unidos. Até que os atores decidiram impedir que ele continuasse sendo reproduzido.

DiCaprio processou Robb alegando que se sentia traído com o resultado das gravações. Ele se tornou obcecado em proibir as exibições da obra e, por muito tempo, permaneceu na justiça para que isso fosse feito. Assim, Don's Plum foi “censurado” e passou a ser proibido tanto nos Estados Unidos quanto no Canadá.

O motivo levantado por eles é principalmente o fato do diretor ter mentido a eles, dizendo que a produção não seria realmente lançada aos modos de grandes filmes. Eles também alegaram que estavam fazendo um favor ao responsável pelo longa, que teria os traído ao estrear seu trabalho nos cinemas.

Crédito: Divulgação

 

É importante relembrar que os três atores estavam em ascensão, e talvez pudessem temer pelo que produtoras e diretores pensariam sobre suas atuações no filme alternativo. DiCaprio aguardava para interpretar Jack, em Titanic (1997), Maguire, ao encenar em Tempestade de Gelo, também já estava sendo cotado para ser o icônico Homem-Aranha. Talvez a grosseira atuação em Don's Plum pudesse colocar empecilhos em tais planos.

Devido à proibição da justiça estadunidense, o longa-metragem permaneceu praticamente escondido pelo diretor durante anos. Quase uma relíquia do início da carreira de quem viria se tornar o notável Leonardo DiCaprio.

Em 2016, porém, o produtor de tal peça, Dale Wheatley, decidiu ignorar quase que por completo a conturbada trajetória da produção de 1995. Ele fez o que ninguém esperava: colocou o filme na Internet.

Crédito: Divulgação

 

"Estou fazendo o filme disponível sob os meus direitos autorais com o único propósito de promover o meu trabalho como cineasta independente", escreveu Wheatley em um comunicado divulgado no site freedonplum.com. Hoje, ainda é possível assistir a Don’s Plum no Youtube.


+ Saiba mais sobre Leonardo DiCaprio por meio das obras a seguir:

Leonardo DiCaprio, Mary Hertz Scarbrough (2019) - https://amzn.to/2RZEb60

Leonardo DiCaprio: Actor, Environmental Activist, and Un Messenger of Peace, Kristen Rajczak Nelson (2018) - https://amzn.to/371HTQX

Leonardo DiCaprio - The Biography (English Edition), Douglas Wight (2012) - https://amzn.to/3bdBpSf

Leonardo DiCaprio Quotes: 65 Awesome Quotes By Leonardo DiCaprio On Life, Love, Mother, Family & Work (English Edition) - https://amzn.to/2ShBATQ

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.