Matérias » Personagem

Elizabeth II: 5 fatos singulares sobre a célebre rainha britânica

Conheça aspectos impressionantes sobre a monarca com mais tempo no trono

Alana Sousa Publicado em 06/01/2020, às 15h00

A rainha Elizabeth II
A rainha Elizabeth II - Getty Images

No ano de 2007, a rainha Elizabeth II tornou-se a rainha com a idade mais avançada da História, superando sua tataravó, Vitória, que viveu por 81 anos, sete meses e 29 dias, informação confirmada pelo Palácio de Buckingham.

1. Elizabeth nunca foi à escola

Elizabeth nunca compareceu à escola, como seus bisnetos, que hoje frequentam a escola primária. Ao invés disso, a rainha foi ensinada em casa e teve diversos professores. Henry Marten , vice-reitor da Eton College (famosa escola para meninos fundada por Henrique VI), foi um dos tutores da monarca.

Elizabeth II em 1975 / Crédito: Getty Images

 

A babá, Marion Crawford, também foi uma das principais educadoras de Elizabeth. Crawford foi posteriormente banida da família real por escrever um livro — sem permissão — sobre a adolescência da rainha.


2. Serviços militares na Segunda Guerra

Quando a Segunda Guerra eclodiu, Elizabeth era muito nova para se juntar às forças militares, então a monarca, com apenas 14 anos, realizou transmissões de rádio para tranquilizar as crianças britânicas.

Aos 18 anos, a rainha ingressou no Serviço Territorial Auxiliar das mulheres, onde executou tarefas como piloto e mecânica de caminhões. Elizabeth é a única mulher de sua família que entrou no exército e a única chefe de estado viva que serviu na guerra. Quando o conflito acabou, ela se juntou aos ingleses nas ruas para comemorar.


3. Elizabeth não precisa de passaporte ou carteira de motorista

A rainha britânica é a governante com mais viagens no mundo, sendo oficialmente 270 visitas, entre 115 países. No entanto, ela não necessita de um passaporte para se deslocar. Todos os passes aéreos são emitidos no nome da monarca, fazendo com que ela não precise de um.

A rainha Elizabeth IICrédito: Getty Images

 

O mesmo conceito é aplicado à licença de motorista. A Grã-Bretanha emite carteiras de motorista no nome de Elizabeth, e, se parada, ela não tem a obrigação de ser identificar.


4. A rainha possui todos os golfinhos e baleias do Reino Unido

Um documento criado em em 1324, no reinado de Eduardo II, afirma que os animais capturados dentro do país pertencem ao monarca vigente. No estatuto é declarado que “o rei terá baleias e esturjões capturados no mar ou em outro lugar dentro do reino”.

O texto oficial decreta que peixes, golfinhos, baleias e esturjões são “peixes reais”, sendo possível que a monarquia britânica reivindique-os em nome da Coroa.


5. Bebida favorita de Elizabeth

A rainha Elizabeth II é uma grande apreciadora de bebidas, seu drink favorito é uma mistura de gin com o vinho Dubonnet e uma fatia de limão, o qual ela bebe todos os dias antes do almoço.

Além de sua bebida preferida, a monarca bebe uma taça de vinho no almoço e um taça de champanhe à noite, diariamente.


+Saiba mais sobre a monarquia britânica através das obras abaixo:

Vitória, a rainha: Biografia íntima da mulher que comandou um Império, Julia Baird (2018) - https://amzn.to/2Y80QOZ

Elizabeth I - O Anoitecer de um Reinado, Margaret George (2012) - https://amzn.to/37YWSg4

História concisa da Grã-Bretanha, W. A. Speck (2013) - https://amzn.to/2qcqSnA

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.