Charles Miller artilheiro: Os primórdios do futebol no Brasil

O atleta que trouxe o futebol para o país foi o maior goleador dos campeonatos paulistas de 1902 e 1904

sexta 23 novembro, 2018
O time do SPA em 1905, com Charles Miller no meio
O time do SPA em 1905, com Charles Miller no meio Foto:Wikimedia Commons

Enquanto, no Rio de Janeiro, a princesa Isabel assinava a Lei Áurea, que aboliu a escravidão no Brasil, surgia na capital paulista o São Paulo Athletic Club, o SPAC. Era o primeiro clube esportivo da cidade e que tinha como objetivo manter um local onde os trabalhadores ingleses pudessem se exercitar e se divertir. Seus fundadores eram William Fox Rule, William Snape, William Speers, Peter Miller, Percy Lupton e Charles Walker. Mas ainda não se praticava futebol por ali. Essa seria uma tarefa para Charles Miller, primo de William Fox Rule.

Muito embora haja alguns indícios de registros mais antigos sobre a prática do futebol no Brasil, como atividade recreativa promovida por trabalhadores ingleses e junto a alguns estudantes em certos colégios jesuítas e maristas, foi a chegada do jovem Miller ao país, em 1894, com um livro de regras na bagagem, que serviu de pontapé inicial para a realização das primeiras partidas de futebol por aqui.

Notícias Relacionadas

Charles arrumou um emprego na São Paulo Railway, onde seu pai já havia trabalhado. Bem como a grande maioria dos ingleses residentes na capital paulista, passou a praticar atividades esportivas no São Paulo Athletic Club. Por influência direta de Miller, muitos dos associados do SPAC passaram a praticar o esporte. Não demorou muito para que o primeiro jogo de futebol, sob regras oficiais, fosse realizado no Brasil, o que aconteceu em 14 de abril de 1895 na Várzea do Carmo, na cidade de São Paulo. Naquele dia, a equipe formada por funcionários da São Paulo Railway, que contava com associados do SPAC, venceu, por 4 a 2, a equipe dos funcionários da São Paulo Gaz Company.

Já no ano seguinte, em 1896, recém-chegado dos Estados Unidos, o professor Augusto Shaw iniciou as atividades esportivas no Mackenzie College, escola fundada em 1886, cuja sede se localizava, e ainda se mantém, próximo ao SPAC, o que acabou por propiciar o surgimento da segunda equipe de futebol do Brasil, em 18 de agosto de 1898, a Associação Atlética Mackenzie College.

Em 1897, também chegou a São Paulo o alemão Hans Nobiling, ex-jogador de futebol do Sport Club Germania de sua cidade natal, Hamburgo. Sedento por "bater uma bolinha", passou a frequentar a Chácara Dulley, onde assistia aos treinos dos atletas "ingleses" do SPAC. Logo resolveu reunir amigos e, enfim, matar a saudade da bola. No começo de 1899, Nobiling montou o próprio time, que recebeu seu nome, Hans Nobiling, a terceira equipe de futebol do Brasil. Após desafiar o SPAC para um confronto, por conta da recusa dos ingleses, Nobiling marcou uma partida entre sua equipe e o Mackenzie.

Em 5 de março de 1899, Mackenzie College e Hans Nobiling disputaram a primeira partida entre equipes de futebol no Brasil, uma vez que o jogo de 1894 era entre funcionários de empresas. O confronto acabou empatado sem gols. Uma semana depois, em 12 de março, haveria uma segunda partida, desta vez entre o SPAC e o Mackenzie. A equipe de Charles Miller levou a melhor por 3 a 0.

A equipe do Hans Nobiling deixou de existir em 19 de agosto de 1899, quando seus integrantes resolveram criar um novo time, o Sport Club Internacional, nome sugerido pelo fato de contar com jogadores de várias nacionalidades. Contrariado por ter sido voto vencido na escolha do nome da nova equipe, em 7 de setembro de 1899, o próprio Hans Nobiling resolveu fundar o Sport Club Germania. A equipe seria campeã paulista em 1906 e 1915 e passou a se chamar Esporte Clube Pinheiros, a partir de 1942, por determinação do governo Getúlio, que emitiu um decreto proibindo o uso de nomes estrangeiros em entidades presentes no país, o que também acabou provocando a mudança de nome do São Paulo Athletic Club para Clube Atlético São Paulo.

Quanto ao Internacional, chegou a conquistar dois títulos paulistas, em 1907 e 1928. No entanto, as dificuldades financeiras foram implacáveis. Em sua última partida pelo Campeonato Paulista de 1932, em 18 de dezembro, entrou em campo frente ao Juventus, sem um goleiro de ofício e com apenas dez atletas. O resultado foi uma derrota por goleada, 6 a 2. Em 1933 se fundiu ao Antarctica Futebol Clube, dando origem ao Clube Atlético Paulista. Posteriormente, em 1937, participou de nova fusão, desta vez com o Estudantes, o que resultou no Estudantes Paulista, que em 1938 foi incorporado pelo São Paulo Futebol Clube.

A Associação Atlética Mackenzie College esteve presente na primeira partida oficial da história do futebol brasileiro, em 3 de maio de 1902, válida pelo Campeonato Paulista, quando venceu o Germania por 2 a 1. Chegou a disputar 13 edições do Campeonato Paulista, até que em 6 de outubro de 1920 se fundiu à Associação Portuguesa de Desportos, criando o Mackenzie Portuguesa, Mack-Port. A união se desfez em 27 de março de 1923 e o Mackenzie deixou de existir como time de futebol.

O São Paulo Athletic Club conquistou as três primeiras edições do Campeonato Paulista, em 1902, 1903 e 1904. Miller foi o artilheiro maior da competição em 1902 e 1904. A equipe de origem inglesa ainda conquistou a edição de 1911 e, com o surgimento de um profissionalismo "não oficial", o que contrariava o seu estatuto que pregava o amadorismo, resolveu abandonar a Liga Paulista de Foot-Ball em 1912.

Em 1923, o Sr. George Craig ofereceu uma taça que levou o nome de "Bon Accord", de posse provisória, a ser disputada entre clubes britânicos do Rio de Janeiro e São Paulo. No caso, Rio Cricket e Associação Atlética e Clube Atlético São Paulo, o SPAC, respectivamente.

Para ter uma ideia da importância histórica dessa disputa, sua realização não foi interrompida nem durante os tempos de guerra, apenas em poucos anos na década de 1960, e acontece todo ano, intercaladamente, nas cidades de Niterói e São Paulo. O vencedor ganha o direito de ficar com a taça até a próxima disputa. Sendo assim, é correto afirmar que o SPAC continua com seu futebol ativo, assim como outros clubes brasileiros, que ainda disputam competições profissionais, e que surgiram em 1900.


José Renato Santiago, doutor e mestre pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo com pós-graduação pela ESPM. Autor de livros sobre a história do futebol, gestão do conhecimento e capital intelectual.

José Renato Santiago


Leia Mais:

Receba em Casa

Vídeos

Mais Lidas

  1. 1 Crianças que nasceram como resultado do horrível programa Há 82 anos, nazistas começavam seu repugnante programa de ...
  2. 2 Os quatro milênios da Babilônia
  3. 3 Uma tempestade chamada Pagu
  4. 4 Inquisição: A fé e fogo
  5. 5 Marginália: As alucinadas ilustrações dos livros medievais