Matérias » Hollywood

Ingrid Bergman, a atriz de Hollywood que sofreu boicote após um adultério

Um dos maiores nomes da indústria cinematográfica foi alvo de polêmica após o fim do relacionamento com Petter Lindström

Daniela Bazi Publicado em 08/05/2020, às 13h00

Atriz sueca Ingrid Bergman, em 1945
Atriz sueca Ingrid Bergman, em 1945 - Getty Images

Ingrid Bergman foi uma polêmica atriz sueca, nascida em 29 de agosto de 1915. Sua mãe era alemã e faleceu quando a mesma tinha apenas dois anos. Já seu pai, Justus Bergman, era um fotógrafo boêmio sueco, e foi responsável por lhe transmitir a paixão pelo teatro.

Devido a seu amor pelos palcos, Ingrid decidiu estudar teatro e entrou para a Real Escola de Arte Dramática de Estocolmo. Antes mesmo de terminar o curso, Bergman foi encontrada por um caçador de talentos que a levou para sua estreia no cinema. Em apenas dois anos, a atriz já tinha participado de nove filmes na Suécia.

Após estar consolidada em seu país, Ingrid foi para os Estados Unidos e fez sua estreia em Hollywood no ano de 1939, estrelando uma nova versão de um de seus filmes mais bem sucedidos, chamado Intermezzo (1939). Esse foi o passo inicial para o seu sucesso no cinema mundial.

Já nos EUA, Ingrid participou de filmes como Casablanca (1942), sendo seu papel mais conhecido, Por Quem os Sinos Dobram (1943), que lhe gerou sua primeira indicação ao Oscar na categoria de Melhor Atriz, Gaslight (1944) no qual ganhou o Oscar de Melhor Atriz, The Bells of St. Mary’s (1945), Spellbound (1945), Notorious (1946), Joana d’Arc (1948) e Sob o Signo de Capricórnio (1949).

Ingrid Bergman recebendo seu prêmio como Melhor Atriz Coadjuvante pelo filme Murder on the Orient Express, em 1975 / Crédito: Getty Images

 

Em 1937, Bergman casou-se com um homem chamado Petter Lindström, com o qual teve uma filha, que levou o nome de Pia. Entretanto, em 1949 o casal se divorciou para que Ingrid se casasse com o diretor italiano Roberto Rossellini.

A união da jovem atriz com o diretor foi uma das maiores polêmicas da época. Isso porque os dois eram casados quando se conheceram e acabaram se apaixonando, além de terem abandonado as famílias para viverem juntos. Pia, filha de Ingrid, tinha apenas 10 anos na época.

Bergman passou a ser chamada de adúltera e foi acusada de ser um péssimo exemplo para as mulheres. Como consequência, ela deixou de participar de filmes nos Estados Unidos por anos. O relacionamento deu fruto a três filhos: Renato Roberto e as gêmeas Isotta Ingrid e Isabella Rossellini, que também se tornou atriz. O casal se separou em 1957.

Ingrid Bergman e seu marido Roberto Rossellini / Crédito: Getty Images

 

O casamento entre Ingrid e Petter causou grande indignação ao público que não conseguia acreditar como a mulher que era sempre apresentada como uma boa esposa e mãe exemplar teria traído seu marido e gerado filhos com seu amante.

A indignação chegou até ao senador Edwin C. Johnson, do Colorado, que a denunciou como “cultuadora do amor livre” e “apóstola da degradação”, tornando-a uma pessoa indesejável segundo as leis de imigração americanas e sujeita a detenção caso voltasse ao país.

Ingrid só voltou ao país após sua separação com Rossellini, em 19 de janeiro de 1957. Contrariando o esperado, tudo ocorreu bem durante sua chegada e estadia nos Estados Unidos. Durante o final de semana que passou no país para receber um prêmio por seu desempenho em Anastasia por críticos de Nova Iorque, Bergman foi muito bem acolhida pelo público americano. Entretanto, ela nunca mais voltou a morar no país.

Ingrid como Anastasia para o filme Anastasia (1956), dirigido por Anatole Litvak / Crédito: Getty Images

 

A atriz morreu no dia de seu aniversário, em 29 de agosto de 1982, quando estava completando 67 anos, após uma luta de seis anos contra o câncer de mama. Em uma de suas últimas entrevistas, um ano antes de sua morte, Ingrid revelou que não se renderia a doença e, por isso, continuava a beber e fumar. Bergman está sepultada em Norra begravningsplatsen, Estocolmo.


+Saiba mais sobre Ingrid Bergman com as obras abaixo:

As Mais Famosas Atrizes de Hollywood: 1940 a 1960 - Parte 1: Audrey Hepburn, Ingrid Bergman, Grace Kely, Debora Kerr, Ava Gardner, Claudette Colbert e outras, Americo Luis Martins da Silva (2019) - https://amzn.to/2GcjeOF

The Essential Films of Ingrid Bergman, Constantine Santas (2018) - https://amzn.to/364jSbk

HOLLYWOOD ICONS VOLUME 1: Ingrid Bergman and Grace Kelly - 2 Books in 1, Katy Holborn e Dr. Julia Sanders - https://amzn.to/2uZSrTg

Box Set: Ingrid Bergman, Bette Davis, Katharine Hepburn, Elizabeth Taylor (English Edition), Grace May Carter (2018) - https://amzn.to/2sDIYQK

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W