Matérias » Crimes

Sequestro ou morte? O misterioso desaparecimento de Madeleine McCann

A garota britânica que sumiu em Portugal tornou-se o centro das atenções na mídia durante muito tempo. Seu destino ainda é uma incógnita

Caio Tortamano Publicado em 03/06/2020, às 18h00

Madeleine McCann em foto da família
Madeleine McCann em foto da família - Getty Images

Madeleine, de apenas 3 anos, estava com seus outros dois irmãos mais novos quando foi dada como desaparecida em 3 de maio de 2007, na vila da Luz, em Portugal.

Em um primeiro momento, a garota britânica, que estava sozinha no apartamento alugado pelos pais dela durante as férias da família, teria saído sozinha do local. De imediato, o desaparecimento tornou-se notório pela velocidade com que as notícias eram divulgadas pela mídia. A fama do acontecimento ajudou os pais da criança a terem esperança de que poderiam encontrar sua filha. Entretanto, foi em vão.

Eles são, inclusive, grandes suspeitos pelo desaparecimento da menina. A opinião popular critica amplamente Kate e Gerry McCann por terem deixado três crianças tão novas sozinhas enquanto jantavam em um restaurante próximo.

Ao serem interrogados pela polícia, os dois afirmaram que preferiam deixar os pequenos sozinhos a deixarem os cuidados delas com estranhos. Porém, a afirmação não se sustenta, uma vez que as crianças passaram a tarde (sozinhos) em uma creche do resort, justamente na presença de estranhos.

Os pais de Madeleine com um pôster usada nas buscas da menina / Crédito: Getty Images

 

A maior teoria acerca do desaparecimento da garota é que os pais tenham matado acidentalmente a criança. Madeleine teria sido vítima de negligência ou de excesso de um calmante. 20 dias após o desaparecimento da criança, vários indícios de fluídos corporais com o DNA da menina foram encontrados em um carro alugado pelo casal.

A mídia foi criticada pela atenção dada ao desaparecimento da garota. Isso porque os pais de Madeleine eram dois famosos e influentes médicos, e por isso tinham mais recursos para colaborar com as investigações.

O paradeiro da criança é, até hoje, indefinido. No último natal, os pais da menina compartilharam um recado na página Find Madeleine no Facebook. "Nada mudou. Continuamos a amar a Maddie, sentimos a sua falta e vamos manter a esperança de sempre. A busca por ela continua com um compromisso inabalável. Obrigado a todos pelo apoio e compaixão."

A Netflix lançou recentemente um documentário em oito partes sobre o desaparecimento da garota, incluindo entrevistas de diferentes personagens que se envolveram na história.


Saiba mais sobre o caso com as obras a seguir:

Madeleine: O desaparecimento de nossa filha e a incessante busca por ela, Kate McCann (2011) - https://amzn.to/2Q96H4c

They Call Me Maddie: The Madeleine McCann Story (English Edition), David Kennedy (ebook) - https://amzn.to/2QKOE3x

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/3b6Kk7du