Matérias » Brasil

Pânico em Minas Gerais: Entenda o caso do ET de Varginha

Até hoje os habitantes de Varginha, em Minas Gerais, relembram o caso do extraterrestre que teria passado uns dias na cidade, até ser capturado pelo Exército

Redação Publicado em 27/07/2019, às 07h00

None
- Reprodução

Normalmente, quando chegam na Terra, os extraterrestres retratados na mídia costumam sobrevoar as grandes cidades dos EUA, chamando atenção com luzes e sons. No entanto, de modo parecido ao Caso Roswell, o Brasil teve supostos contatos com criaturas alienígenas de maneira muito mais singela, mesmo que com grande repercussão.

Enquanto o ET Bilu nos recomendou buscar conhecimento, o caso mais famoso da ufologia brasileira carrega, acima de tudo, dúvidas. É o caso do Incidente de Varginha, notório momento da imprensa brasileira em que a pequena cidade do Sul de Minas Gerais teria, supostamente, hospedado um visitante de outro espaço.

Tudo começou em 1996, quando dois veículos — uma TV dominical e o Fantástico (Globo) — transmitiram reportagens sobre possíveis aparições de OVNIs, alegando que um dos alienígenas teria sido capturado pelo Exército. Rapidamente, o caso tomou proporção internacional, repercutindo no Wall Street Journal.

Segundo testemunhas locais, o ET foi visto apenas por três moças da cidade. O relato aponta que o viajante cósmico era bípede e cabeçudo, com cerca de 1,60m, corpo magro, pele marrom e olhos vermelhos, além de pés bifurcados.

Há na cidade vários monumentos ao caso do ET / Crédito: Reprodução

 

Elas ainda demonstraram preocupação com a criatura, que aparentava medo ou dor, por estar trêmulo e arisco. Após o suposto contato, duas das meninas fugiram, alegando que encontraram o Diabo. Após retornarem ao local, nada foi encontrado além de um cachorro curioso e um forte cheiro de amônia.

É especulado que outro corpo foi encontrado numa estrada dias depois e teria sido guardado sigilosamente por caminhões militares. Desde o ocorrido, inúmeros rumores de abduções e contatos começaram a se proliferar por MG.

A cidade se tornou centro da atenção da mídia por anos. Diversas reportagens, entrevistas e investigações ocorreram em busca de informações sobre o visitante sideral.

Enquanto isso, as autoridades do governo afirmaram que não houve contato nenhum com material alienígena. E também nunca foi provado vestígios de um contato espacial ou um corpo de outro planeta.