Matérias » Cultura

De Mandela a Obama: Presidentes que ganharam o Nobel da Paz

Esses líderes mundiais marcaram o mundo por seus esforços diplomáticos e receberam um dos mais importantes prêmios de honra

Alana Sousa Publicado em 10/10/2019, às 18h00

Mandela
Mandela - Wikimedia Commons

Na sexta-feira, 11, será revelado o ganhador do prêmio Nobel da Paz de 2019. A lista de indicados não é revelada, entretanto alguns nomes são mostrados para o público. Ao todo são 301 indicações, das quais 223 são pessoas e 78 organizações.

Entre as personalidades que concorrem ao prêmio está o ex-presidente Lula. A indicação de Lula é aclamada por alguns especialistas e criticada por outros. Adolfo Pérez Esquivel, escritor e ganhador do Nobel de 1980 defende a nomeação do presidente. “Não sabemos o que pode ocorrer, mas seria muito importante que fosse outorgado a Lula. Seria o primeiro Prêmio Nobel do Brasil”.

Lula está competindo com nomes como Greta Thunberg, ativista ambiental sueca, o líder da Igreja Católica, Papa Francisco e ainda Raoni Metuktire, ativista e indígena brasileiro.

Conheça abaixo presidentes que foram agraciados com o Nobel da Paz

Theodore Roosevelt

Crédito: Wikimedia Commons

 

O 26º presidente dos Estados Unidos, Theodore Roosevelt, recebeu o Nobel da Paz em 1906 por promover o tratado de paz na Guerra russo-japonesa.

Hjalmar Branting

Crédito: Wikimedia Commons

 

Durante o reinado de Gustavo V na Suécia, Branting atuou como primeiro ministro do país, e como delegado no Conselho da Liga das Nações. Recebeu o Nobel da Paz em 1921.

Lech Wałęsa

Crédito: Wikimedia Commons

 

Um dos fundadores do sindicato Solidariedade — movimento social que promovia a resistência civil não violenta em prol dos direitos dos trabalhadores e da mudança social —, Wałęsa foi também ativista dos direitos humanos e primeiro presidente da Polônia. Foi premiado em 1983.

Nelson Mandela

Crédito: Wikimedia Commons

 

Mandela foi presidente da África do Sul entre 1994 e 1999, recebeu o Nobel em 1993 pelos seus trabalhos pelo fim do regime apartheid e pelo seu legado deixado para o país.

Shimon Peres

Crédito: Wikimedia Commons

 

Em 1994, Peres — que atuou como presidente de Israel de 2007 até 2014 —, recebeu o prêmio juntamente com Yasser Arafat e Yitzhak Rabin por concluírem os Acordos de Paz de Oslo.

José Ramos-Horta

Crédito: Wikimedia Commons

 

Presidente de Timor-Leste de 2007 até 2012, Horta recebeu o Nobel em 1996 pelos seus trabalhos em prol do fim pacífico dos conflitos em seu país.

Kim Dae-Jung

Crédito: Nobel Prize

 

Presidente da Coréia do Sul de 1998 até 2003, Kung foi agraciado com o prêmio no ano 2000 por sua atuação a favor da democracia e dos direitos humanos. Assim como, sua reconciliação com a Coréia do Norte.

Jimmy Carter

Crédito: Wikimedia Commons

 

Carter foi o 39º presidente dos EUA, recebeu o Nobel em 2002. O prêmio reconheceu seus esforços para solucionar conflitos internacionais, seu trabalho em prol da democracia e dos direitos humanos e seu governo marcado pela estabilidade econômica e desenvolvimento social.

Barack Obama

Crédito: Wikimedia Commons

 

Em 2009, Obama foi o escolhido para receber o Nobel, no mesmo que chegou à presidência dos Estados Unidos. A premiação aclamou seus esforços diplomáticos e cooperação entre diferentes povos.

Ellen Johnson Sirleaf

Crédito: Wikimedia Commons

 

“Por sua luta não violenta para a segurança das mulheres e pelos direitos das mulheres à sua plena participação na construção da paz e trabalho”, em 2011 Ellen, em conjunto com as ativistas Leymah Gbowee e Tawakel Karman, recebeu o Nobel da Paz. Sirleaf atuou como presidente da Libéria de 2006 até 2018.

Juan Manuel Santos

Crédito: Wikimedia Commons

 

O presidente da Colômbia, que ficou no cargo de 2010 até 2018, recebeu o prêmio em 2016 pelos seus esforços pelo acordo de paz com o grupo guerrilheiro Farc. Seu trabalho conseguiu colocar um fim na guerra civil que durava mais de 50 anos.