Matérias » Personagem

Há 215 anos, Napoleão Bonaparte tornava-se Imperador da França

A realização da cerimônia que ocorreu Catedral de Notre Dame levanta uma dúvida: Quem coroou Bonaparte?

Vitor Lima Publicado em 02/12/2019, às 08h00

Napoleão Bonaparte após a coroação
Napoleão Bonaparte após a coroação - Wikimedia Commons

Em 1804, o general Napoleão Bonaparte exercia as funções de primeiro cônsul vitalício da república francesa. Depois de um plebiscito, tornou-se imperador da França. No dia 2 de dezembro, foi marcada a cerimônia de coroação na Catedral de Notre Dame. O encarregado de coroar Napoleão era o papa Pio VII.

No momento esperado, Napoleão tomou a coroa em suas mãos e coroou a si mesmo, em um gesto de enorme afronta à Igreja. Em seguida, coroou sua esposa, Josefina. "Com a atitude, queria demonstrar que ninguém estava acima dele, nem mesmo o papa", diz o historiador Caio Ferraro, da Unesp. 

A Coroação de Napoleão, de Jacques-Louis David / Crédito: Wikimedia Commons

 

"O imperador não quer parecer submisso a Pio VII. São ambos, o papa e ele, 'as duas metades de Deus'", diz Max Gallo, na biografia Napoleão. Com a coroação, Napoleão deu início a um regime absolutista, que mudaria a configuração da Europa para o que ele mesmo gostava de definir como Bloco Continental.

O pintor Jacques-Louis David recriou a cerimônia e optou por registrar na pintura a coroação de Josefina. Letícia Bonaparte, mãe do imperador, recusou-se a comparecer, mas Napoleão ordenou que David a incluísse no quadro. Depois da queda do imperador, David foi expulso da França. O quadro está no Museu do Louvre, em Paris.


+Saiba mais sobre Napoleão através de importantes obras

1.  Napoleão: Uma vida, de Vincent Cronin - https://amzn.to/2WEjwFc

2. Waterloo: A história de quatro dias, três exércitos e três batalhas, de Bernard Cornwell - https://amzn.to/32c1Ba3

3. Rússia contra Napoleão: A batalha pela Europa, de 1807 a 1814, de Dominic Lievin - https://amzn.to/32exuPk

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.