Matérias » Religião

Contradição na Igreja Católica: Seriam Sérgio e São Baco santos gays?

A relação entre os dois santos oficiais do exército romano fez com que historiadores acreditassem que o vínculo entre eles era, na verdade, romântico

Isabela Barreiros Publicado em 07/06/2020, às 08h00

Pintura retratando os santos católicos São Sérgio e São Baco
Pintura retratando os santos católicos São Sérgio e São Baco - Getty Images

A história de São Sérgio e São Baco é contada em um livro que data de meados do século V. A paixão teria palco na parte Oriental do Império Romano, e se passou durante o reinado do imperador Galério, que governou de 305 a 311 d.C.

Os dois eram soldados cristãos romanos de alta patente, mas o segredo de seu cristianismo não durou para sempre. Um dia, eles tentaram evitar um templo pagão durante uma de suas missões, o que fez com que outros oficiais desconfiassem e, depois, expusessem os soldados como cristãos.

Crédito: Wikimedia Commons

 

As consequências foram drásticas. Eles foram humilhados publicamente, acorrentados, obrigados a vestir roupas femininas e, dessa maneira, caminhar pelas ruas da cidade. Depois disso, começaram a ser torturados e Baco foi espancado até a morte.

Por se tratar de uma narrativa religiosa, elementos bíblicos e milagrosos também aparecem na história. No dia seguinte de sua morte, o espírito de Baco foi até Sérgio e orientou que ele permanecesse forte para que eles pudessem ficar juntos para sempre. O segundo, no entanto, foi decapitado e morreu após brutal tortura. Ainda assim, considera-se que os dois permaneceram juntos até a morte de ambos.

[Colocar ALT]
Os santos / Crédito: Getty Images

Foi o historiador e professor da Universidade de Yale, John Boswell, falecido em 1994, quem alegou que os dois eram amantes pela primeira vez. Em seu livro Cristianismo, Tolerância Social e Homossexualidade, ele analisa como a relação de estreita amizade entre Baco e Sérgio era, na verdade, romântica.

A história da Paixão de Sérgio e Baco pode conter inúmeros anacronismos e contradições, mas ainda sim narra um relacionamento muito próximo entre dois homens no século IV.

A festa em homenagem aos dois mais famosos santos emparelhados é feita no dia 7 de outubro. Em Roma, ainda existe uma igreja dedicada aos santos, nomeada como Igreja dos Santos Sérgio e Baco dos Ucranianos e datada do século 9.

A comunidade gay também incorporou a narrativa dos santos considerados homossexuais, principalmente aqueles que, também, compartilham a fé católica. Em 1994, o pintor estadunidense Robert Lentz retratou os dois santos em um mural na Parada Gay de Chicago, fazendo com que eles ganhassem visibilidade no movimento LGBT.

A polêmica em torno dos santos homossexuais não é recente. Em 2017, James Martin, papa nomeado pelo Papa Francisco no cargo de consultor do Vaticano, respondeu comentários em sua conta do Facebook com a seguinte afirmação: "Alguns santos provavelmente eram gays. Você pode ficar surpreso quando chegar ao céu e ser recebido por homens ou mulheres LGBT". 


Saiba mais sobre a relação entre LGBTs e a religiosidade por meio dos livros a seguir:

Christianity, Social Tolerance, and Homosexuality: Gay People in Western Europe from the Beginning of the Christian Era to the Fourteenth Century (Inglês), John Boswell (2015) - https://amzn.to/2WSGxo6

Same-Sex Unions in Premodern Europe (English Edition), John Boswell (2013) - https://amzn.to/2K0ZtLW

Sins against Nature: Sex and Archives in Colonial New Spain (English Edition), Zeb Tortorici (2018) - https://amzn.to/2p4aB3E

In the Closet of the Vatican: Power, Homosexuality, Hypocrisy (Inglês), Frederic Martel (2019) - https://amzn.to/2CmSIA7

Em nome de quem?: A bancada evangélica e seu projeto de poder, Andrea Dip (2018) - https://amzn.to/2pVVFEZ

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W