Matérias » Segunda Guerra

Dia D: Há 75 anos acontecia o célebre desembarque na Normandia

Neste dia, em 1944, a operação Overlord foi a maior invasão por mar da história e deu início à libertação dos territórios ocupados pelas tropas nazistas

Redação Publicado em 06/06/2019, às 10h00

Desembarque na Normandia
Desembarque na Normandia - Reprodução

A invasão da Europa efetuada pelos Aliados no nordeste da França contra o exército invasor de Hitler, durante a Segunda Guerra Mundial, começou com a Batalha da Normandia, em 1944. A invasão recebeu o nome de código “Operação Overlord” e começou com o desembarque das tropas aliadas no continente – cujo nome de código era “Operação Netuno”. Os preparativos dessa operação se iniciaram no Reino Unido.

 

A Operação Overlord envolvia o grosso dos exércitos americano e imperial britânico, apoiados por tropas auxiliares francesas, polonesas e de outras nacionalidades, para assaltar as praias da Normandia por meio de desembarques anfíbios. A missão começou na madrugada de 6 de junho, quando dez divisões americanas, britânicas e canadenses chegaram entre os rios Orne e Vire.

 

Ainda que os objetivos previstos não tenham sido alcançados e tenha se conquistado muito menos terreno que o esperado, foram instaladas sólidas cabeças de praia onde no decorrer dos próximos dias desembarcariam 250 mil homens e 50 mil veículos. A operação desenvolveu-se de 6 de junho – o Dia D – até 25 de agosto, quando Paris foi libertada.

Desembarque na praia Omaha, junho de 1944 / Crédito: Wikimedia Commons

 

 

A batalha começou quando paraquedistas americanos da 2a e da 101a divisões aerotransportadas e forças especiais britânicas transportadas em planadores conseguiram se colocar atrás da primeira linha defensiva alemã, impedindo a rápida chegada de reforços inimigos. Dias antes, os Aliados realizaram fortes bombardeios com o objetivo de destruir as vias de comunicação e a artilharia inimiga.

 

As tropas aliadas desembarcaram nas praias normandas com nomes de código: Omaha e Utah – americanos –, Sword e Gold – britânicos – e Juno – canadenses. Ao anoitecer, a cabeça de praia estava tomada, e milhares de soldados aliados desembarcaram durante as semanas seguintes. A praia mais difícil de ocupar foi a de Omaha, onde 6 mil americanos morreram e 15 mil foram feridos.

 

A praia onde a Wehrmacht opôs maior resistência foi a Juno, defendida pela divisão 716a e com uma fila de Panzers no caminho, que causaram cerca de 550 baixas canadenses. As forças alemãs conseguiram exterminar, assim como em Omaha, 50% da primeira leva aliada. Juno foi a primeira praia a ser conquistada; nesse dia, as tropas canadenses penetraram no interior da França, mais do que qualquer outro exército aliado.

 

Gold foi a segunda praia mais fácil de ocupar depois de Utah, e assim as tropas inglesas conseguiram seus objetivos sem maiores dificuldades. Sword contava com uma forte resistência, mas, graças à coordenação do exército inglês, também foi uma praia simples de conquistar.


No aniversário de 75 anos do Dia D, relembre o sucesso do single Shores of Normandy uma música composta por Jim Radford, veterano da Segunda Guerra, para homenagear os combatantes que morreram no conflito.