Matérias » Bizarro

Homem é preso após colocar lâminas de barbear em pizzas congeladas nos EUA

Identificado como Nicholas Mitchell, o rapaz foi responsável por um recall de diversos lotes de três meses de produção

Wallacy Ferrari Publicado em 13/10/2020, às 11h53

Fotografia de Nicholas após prisão
Fotografia de Nicholas após prisão - Saco Police Department

Um ex-funcionário de uma fábrica de pizzas congeladas foi preso após uma cliente encontrar lâminas de barbear misturadas com a massa do alimento comprado em um supermercado. Após o encontro, a mulher notificou a polícia, que iniciou uma extensa investigação para encontrar a origem do artefato cortante.

Inicialmente, os oficiais se dirigiram até o estabelecimento Saco Hannaford, em Maine, encontrando mais lâminas em um lote inteiro de pizza da marca Portland Pie, retirando imediatamente os produtos de circulação. Apesar do achado, as caixas lacradas isentaram o mercado de culpa, conduzindo as buscas para a fábrica.

As pizzas Portland Pie e Cheese Portland Pie são produzidas pela fábrica de massas It’ll Be Pizza, que revisou as câmeras de vigilância interna da linha de produção, onde identificaram um ex-funcionário adulterando individualmente cada uma das unidades do produto. O homem foi identificado como Nicholas Mitchell, sendo preso em New Hampshire.

A fábrica orienta que as pizzas compradas entre 1º de agosto e 11 do outubro sejam devolvidas e reembolsadas pelo risco de danos à saúde: "Após o que se acredita ser mais um incidente de adulteração maliciosa, envolvendo objetos de metal inseridos em produtos Portland Pie, Hannaford removeu todos os produtos Portland Pie das prateleiras das lojas e pausou a reposição dos produtos indefinidamente".