Matérias » Personagem

Infortúnio e revolução: a tragédia de Julio Lobo, o homem mais rico de Cuba

Lobo acabou envolvido em um impasse e tanto com Che Guevara após a Revolução Cubana

Vanessa Centamori Publicado em 23/07/2020, às 10h05

Imagem ilustrativa de dinheiro
Imagem ilustrativa de dinheiro - Freepic

Julio Lobo usufruía de grande fortuna, sendo o homem mais rico de Cuba. Até que quis o destino que ele cruzasse com Che Guevara. O encontro ocorreu em plena madrugada de 11 de outubro de 1960. 

Naquela data, o milionário dava adeus a seu status como proprietário de armazéns, refinarias, banco e outras muitas empresas que possuía. Já era o fim da Revolução Cubana e seus bens seriam confiscados por Guevara. O líder revolucionário o tomaria por várias aforadas de tabaco naquele momento infeliz para o homem rico.

Confisco

Lobo teve que aceitar uma proposta que foi para ele bem desfavorável. Abdicou de todos os seus bens e passou de patrão a empregado. Pôde manter, entretanto, uma mansão onde vivia em Tinguaro, um de seus 14 engenhos de açúcar. E também assumiu o controle da estatal que liderava o comércio do açúcar de Cuba.  

Esse episódio é descrito no livro do jornalista John Paul Rathbone, chamado The Sugar King of Havana: The Rise and Fall of Julio Lobo, Cuba's Last Tycoon (O rei do açúcar de Havana: ascensão e queda de Julio Lobo, o último magnata de Cuba).

Em entrevista à rede BBC, o autor da obra comentou o episódio que marcou a vida de Lobo. "Foi um momento único: o encontro entre a Cuba pré-1959 e pós-1959 (ano da Revolução Cubana) e um deles já sabia que seu destino estava traçado", disse. 

A história da fortuna

Embora Julio Lobo tenha sido obrigado eventualmente a deixar sua riqueza de lado, sua trajetória em local privilegiado começou desde pequeno. Ele havia chegado em Cuba vindo de Caracas, com apenas 2 anos de idade.

Como o pai de Lobo fez dinheiro na ilha, o empresário, assim como quase todos seus irmãos, foi estudar nos Estados Unidos. Quando retornou, começou a montar seu empreendimento no mundo do açúcar — área de comércio que valia como o petróleo da Arábia Saudita vale hoje. 

Vida após Cuba

Quando se passaram 5 anos desde que Lobo saiu de Cuba, ele se estabeleceu em Nova York, onde atuou na bolsa de valores. Conseguiu montar uma nova fortuna. Mas, perdeu tudo e resolveu mudar-se para a Espanha. 

A situação financeira apertou para o homem rico, pois ele abusou exaustivamente da fortuna com viagens ao exterior e exibindo romances de curto prazo com estrelas de Hollywood, entre elas, Esther Williams e Joan Fontaine. 

Não bastasse esse contratempo, no ano de 1946, Lobo foi vítima de uma tentativa grave de homicídio. Por motivos ainda misteriosos, ele foi atacado por armas de fogo de gângsteres. O resultado: ficou coxo e ferido no crânio.

Ainda assim, restava parte do dinheiro, que um dia já sobrou muito. Porém, ele levaria um golpe ainda pior. Os "verdadeiros disparos", segundo o próprio Lobo dizia, seriam os da madrugada do dia 11 de outubro de 1960, devido a Che Guevara. 

A Revolução Cubana acabou levando os seus bens. Muitos artigos que ele possuía sobre o açúcar hoje fazem parte de uma coleção importante em Cuba, presente na Biblioteca Nacional. Já algumas outras relíquias de Lobo, como uma mecha de cabelo e até um penico de Napoleão, estão hoje no Museu Napoleônico de Havana.

O empresário terminou os seus últimos e tristes dias de vida na Espanha, onde faleceu em 30 de janeiro de 1983. O seu corpo foi enterrado em uma cripta bem modesta para a sua antiga riqueza. Ele jaz próximo à catedral de La Almudena, em Madri.


Saiba mais sobre o tema por meio das obras disponíveis na Amazon:

Uma fortuna perigosa, de Ken Follett (2019) - https://amzn.to/30isIkN

The Socialite, de J'nell Ciesielski (2020)- https://amzn.to/3jaNpYB

She Killed Selena (Edição Inglês), de Amy Delaney - https://amzn.to/2Ux7EFB

A História Máfia, de Jo Durden Smith (2014) - https://amzn.to/36Amek4

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W