Matérias » Personagem

Ingrid Bergman, a atriz da antiga Hollywood que foi boicotada após um adultério

Bergman viveu um verdadeiro inferno, sendo até mesmo criticada por um senador

Ingredi Brunato Publicado em 06/09/2020, às 09h00

Ingrid Bergman em 1945
Ingrid Bergman em 1945 - Crédito: Getty Images

Ingrid Bergman foi uma atriz sueca da era dourada de Hollywood. Incrivelmente talentosa, ela foi uma das intérpretes mais premiadas pela Academia, chegando a ter o mesmo número de estatuetas que Meryl Streep têm hoje. 

No entanto, Ingrid cometeu o que era considerado um erro imperdoável em sua época: se apaixonou por outro homem, mesmo sendo casada. A gravação do filme “Stromboli”, dirigido pelo italiano Roberto Rosselini, acabou sendo um evento que mudou sua vida para sempre. Tanto amorosa, quanto profissional. 

Isso porque atriz e o diretor acabaram se apaixonando de forma recíproca, embora os dois já fossem casados. Assim, tomaram a decisão de romper seus relacionamentos e se casarem novamente, um com o outro. Ingrid também tinha uma filha com seu primeiro marido, Pia, que tinha dez anos de idade. 

Enquanto para Rosselini o episódio não gerou grande impacto, ter um segundo casamento afetou imensamente a carreira de Bergman. Frente a esse acontecimento, todo o seu talento perdeu a importância. 

Bergman e Rosselini em 1951. Crédito: Wikimedia Commons

 

Consequências vitalícias 

Ingrid passou a ser chamada de adúltera. Também foi considerada um péssimo exemplo para as mulheres da época. Isso porque a vida pessoal das celebridades costumava ser vista como um ideal, exemplo a ser seguido, e a persona artística da atriz sueca se misturava com quem ela realmente era. 

Dessa forma, depois que veio à público que ela se casou uma segunda vez, era como se os papeis que tinha interpretado em filmes também estivessem manchados. A indignação da sociedade do período e consequente repercussão do caso foram tão extensas que um senador do Colorado, chamado Edwin C. Johnson, fez comentários públicos a respeito.  

Johnson acusou Bergman de “cultuadora do amor livre” e “apóstola da degradação”, além de sugerir que depois disso a atriz seria classificada como indesejável segundo as leis de imigração americanas, de forma que pegaria detenção caso retornasse a pisar nos Estados Unidos.

Porém ela pisou 

Após a poeira do escândalo baixar, a atriz sueca voltou ao território americano, durante um final de semana, para receber um prêmio por sua atuação em “Anastasia”. Foi inclusive bem recebida pelo público americano. Apesar disso, não voltou a morar nos Estados Unidos como antes. 

Ingrid teve três filhos em seu casamento com Rosselini, um menino e duas meninas gêmeas. Infelizmente, os dois acabaram se separando em 1957. Mesmo ano, aliás, em que ela teve seu final de semana em solo norte-americano. 

Após seu filme “Anastasia”, de 1956, a atriz afinal voltou a receber papeis no cinema americano. Ela ainda casaria e se separaria mais uma vez. Teve uma longa vida, morrendo aos 67 anos, no dia do seu aniversário, por conta de um câncer de mama.


+Saiba mais sobre Hollywood por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

Hollywood: 131, de Charles Bukowski (1998) - https://amzn.to/2UXDWKe

Cenas de uma revolução: o nascimento da nova Hollywood, de Mark Harris (2011) - https://amzn.to/3c6gqAr

O pacto entre Hollywood e o nazismo: Como o cinema americano colaborou com a Alemanha de Hitler, de Ben Urwand (2019) - https://amzn.to/2ViwOqO

Hollywood Babylon: The Legendary Underground Classic of Hollywood's Darkest and Best Kept Secrets (Edição Inglês), de Kenneth Anger (1981) - https://amzn.to/2RurMWU

O livro do cinema, de Vários autores (2017) - https://amzn.to/2VeOS52

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W