Matérias » Personagem

Embate na neve: a intensa saga de Jan Baalsrud, o norueguês que foi caçado pelos nazistas

À prova de tudo, o norueguês fazia parte de um grupo de operações especiais quando teve que passar por uma verdadeira odisseia até ser salvo

Caio Tortamano Publicado em 23/08/2020, às 09h00

Cena do filme O 12º Homem, que reproduz a saga de Jan
Cena do filme O 12º Homem, que reproduz a saga de Jan - Divulgação

Carregando bombas e dispositivos explosivos, um aparentemente indefeso barco norueguês foi delatado para as autoridades alemãs, que atacaram os sabotadores de imediato. Dentro da embarcação, estava Jan Baalsrud, que estava prestes a viver os momentos mais intensos de sua vida.

Baalsrud não era um soldado qualquer, ele fazia parte da Companhia Linge Norueguesa, uma espécie de força tarefa britânica que treinava soldados aliados para missões sigilosas. No caso dos noruegueses, eles deveriam utilizar explosivos para detonar uma torre de controle aéreo.

A derrota era certa. Ao mesmo tempo, a operação especial foi abortada, fazendo com que todos os tripulantes abandonassem o barco recorrendo a uma embarcação menor. O que não contavam era que os nazistas também iriam atrás deles, afundando o bote e parando a escapada.

Agora, Jan e sua equipe estavam por conta própria nas águas congelantes dos fiordes noruegueses, e não era qualquer um que conseguia sobreviver à essa experiência. Para falar a verdade, o soldado foi o único que conseguiu chegar em terra firme, com as roupas encharcadas no meio da neve.

Ele logo percebeu que estava sem uma bota, mas continuou correndo ao ver que existiam soldados alemães o seguindo, disparando contra ele. Tomando como cobertura uma pedra na subida de uma montanha, o norueguês se preparou, só tinha uma pistola para lutar contra quatro nazistas na sua cola.

Na primeira tentativa de embate, sua arma emperrou, e isso persistiu em algumas tentativas até que decidiu tirar as balas e colocar novamente no cilindro. A arma  funcionando, e para sorte do rapaz a sua mira estava em dia. Com duas balas, derrubou dois soldados, matando um na hora e deixando outro ferido.

Fuga

Depois desse momento, o que restou foi correr descalço na neve. A única chance de sobreviver seria com ajuda, e foi isso que encontrou na pequena vila de Lyngseidet, primeira parada dele depois de ter fugido a pé.

De porta em porta, Jan tentava encontrar uma luz no fim do túnel da maneira como as pessoas conseguiam e podiam ajudar. A Noruega, no momento, era de domínio alemão, mas sua grande extensão fazia com que as pessoas não tivessem contato direto com os nazistas, o que, definitivamente, ajudou o homem.

O veterano de guerra Jan Baalsrud / Crédito: Divulgação

 

Além do que, Baalsrud sabia como se defender da perseguição. Em todos os lugares que parava nunca dizia para onde estava indo, nem de fato qual havia sido sua missão antes de se perder. Os pés gangrenados agora contavam com novas botas, e com o tempo ele foi ganhando força.

Porém, sua missão era uma só naquele momento: sobreviver. Todavia, só conseguiria isso em território dos Aliados, ao contatar as autoridades para falar que o plano não havia ocorrido conforme esperado.

Nevasca

Até a fronteira mais próxima, era um longo caminho. Entre uma vila e outra, o homem precisou viajar sozinho usando skis emprestados, e durante uma de suas jornadas foi interrompido por algo muito maior que ele, uma avalanche, que o atingiu de surpresa, tanto que fez com que rolasse montanha abaixo de uma distância de mais de 90 metros até que apagou.

Quando acordou, não conseguia enxergar nada à sua frente. Ao mesmo tempo, estava sem a sua mochila, esquis e comida, novamente sozinho. Essa era sua realidade durante dias, até encontrar a casa de um senhor, que, por milagre, era um membro da resistência da Noruega, que fez de tudo para que o rapaz conseguisse continuar com sua fuga.

Gangrena

Diante do esforço e cansaço, ele precisou descansar durante quatro dias em um celeiro até conseguir retomar os sentidos. Quando se deu conta de onde estava, percebeu que seu pé tinha gangrenado completamente, e não conseguiria prosseguir naquele estado.

O senhor que o escondeu chamou outros dois membros da resistência para levar Jan em uma maca, atravessando um lago em segredo. Em seguida, o combatente se escondeu numa pequena tenda em outra residência. Seria nesse lugar que o norueguês tomaria sua decisão mais drástica.

Com uma faca que guardava em seu bolso, ele foi obrigado a operar o próprio pé. Caso contrário, a doença poderia se espalhar para o resto do corpo. Por isso, cortou fora o dedão de seu pé, além de alguns outros pedaços do seu dedo indicador, também do pé. E assim foi possível continuar com a fuga.

O perigo aumentava a medida que chegava mais perto da fronteira com a Suécia. Sem conseguir caminhar direito, membros da resistência levaram Jan até um rochedo onde poderia se esconder facilmente, já que patrulhas alemãs o procuravam.

Porém, essa ronda acabou demorando mais do que ele esperava — e as pessoas que ajudavam também. Ao todo, Jan ficou 27 dias atrás de uma pedra, enquanto aguardava o retorno das pessoas que o ajudariam atravessar a fronteira. Após dias de agonia e sofrimento, os rebeldes o encontraram, e o levaram de maca até um pequeno povoado na Suécia, onde foi resgatado pela Cruz Vermelha, que deu fim a uma das mais selvagens histórias de sobrevivência da Segunda Guerra Mundial.

A história de Jan durante a Segunda Guerra é reproduzida no filme O 12º Homem, lançado em 2017 e disponível no TelecinePlay. Com cenas fortes, é possível imaginar os momentos de tensão que o combatente viveu durante o maior conflito mundial da História.


+Saiba mais sobre a Segunda Guerra Mundial por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

Box Memórias da Segunda Guerra Mundial, de Winston Churchill (2019) - https://amzn.to/2JWtKex

A Segunda Guerra Mundial, de Antony Beevor (2015) - https://amzn.to/2Rr2xFa

A Segunda Guerra Mundial: Os 2.174 dias que mudaram o mundo, de Martin Gilbert (2014) - https://amzn.to/34DnO3T

Os mitos da Segunda Guerra Mundial, de Vários Autores (2020) - https://amzn.to/2VdiMXa

Continente selvagem: O caos na Europa depois da Segunda Guerra Mundial, de Keith Lowe (2017) - https://amzn.to/2RqF32D

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W