Matérias » Música

Jessie Garon: a história pouco conhecida do irmão gêmeo de Elvis Presley

Em 1935, um episódio trágico marcou a história da família — e acompanhou o Rei do Rock por toda sua trajetória

Wallacy Ferrari Publicado em 06/09/2020, às 09h00

Cena de Elvis Presley no filme "Kissin Cousins", onde é interprete de dois papeis
Cena de Elvis Presley no filme "Kissin Cousins", onde é interprete de dois papeis - Divulgação / MGM

Em 8 de janeiro de 1935, nascia Elvis Aaron Presley. A casa onde veio ao mundo era simples. Com apenas dois cômodos, o americano era filho de dois trabalhadores de classe baixa, sem condições de manter a saúde pré-natal correta. O pai de Elvis, Vernon, chegou a ser preso quando o garoto tinha menos de dois anos de idade e, em boa parte da infância, transitou em diversas residências, sofrendo com despejos.

Até os doze anos de idade, Elvis viveu em Tupelo, no Mississipi. Sem outros irmãos, teve como principal companhia o violão, que ganhou em 1945 após vencer um concurso de talentos. Ao se mudar para Memphis, chegou a trabalhar como lanterninha de cinema e motorista antes de entrar, por conta própria, em um estúdio.

Em 1954, a consagração da primeira música estreando em primeiro lugar nas paradas country resultou no início de uma extensa carreira solo, sendo um dos filhos únicos mais conhecidos dos EUA. Com as pernas dançantes, se tornou um símbolo vocal por todo o mundo. Porém, o que poucos sabem é que, por muito pouco, Elvis não seria o Rei do Rock sozinho.

Elvis abraça a mãe Gladys em foto colorida digitalmente / Crédito: Divulgação/Twitter/TweedFestivals/12.05.2019

 

Irmão gêmeo?

Quando Gladys descobriu que estava grávida de Elvis, em 1934, também teve a impressionante descoberta que não era apenas o futuro músico que estava em seu ventre; a jovem estava grávida de gêmeos. A outra criança chegou a ser nomeada como Jessie Garon, que poderia ser usado tanto com a vinda de um rapaz como de uma garota.

A ausência de acompanhamento e o parto complicado, no entanto, foram os motivos para que, em 8 de janeiro de 1935, Jessie falecesse ainda no útero, 35 minutos antes de Elvis conseguir sair com vida do corpo da mãe. 

Com a retirada brusca, não foi possível identificar se os garotos seriam gêmeos idênticos. Sem dinheiro para providenciar um enterro, Jessie foi enterrado no dia seguinte, em uma sepultura sem lápide ou algum tipo de escritura, no cemitério de Priceville, em Tupelo.

Lápide em homenagem a Jessie no jardim da Graceland / Crédito: Divulgação/Facebook/EPLegend/08.01.2018

 

Segundo o CheatSheet, no livro ‘The Inner Elvis’, o psicólogo clínico Peter Whitmer argumenta que a morte de Jesse serviu como um processo de concepção emocional que serviu como um alicerce para não deixar a família, sempre provendo amor, amparo e evitando preocupação pelos pais. Whitmer acrescentou que Jessie era visto como “um espírito inquieto que acabou por assombrar todos os relacionamentos de Presley”.

Com a agenda apertada, o músico prestava condolências ao túmulo do irmão apenas quando tinha shows na cidade ou quando acompanhava a mãe. Gladys, por sua vez, chegou a dizer que “vivia para duas pessoas”.

Mesmo sem trazer os restos mortais do irmão natimorto, uma homenagem foi feita para Jessie no quintal da mansão Graceland, com uma pequena placa e a representação de um anjo no topo. Quando Elvis faleceu, em 1977, foi enterrado no mesmo jardim onde a placa do irmão foi instalada e, dois anos depois, o pai de ambos, Vernon, foi enterrado no mesmo local.


++Saiba mais sobre Elvis Presley em grandes obras disponíveis na Amazon Brasil:

Elvis and Me: The True Story of the Love Between Priscilla Presley and the King of Rock N' Roll, de Priscilla Presley (1986) - https://amzn.to/32v7QIj

Elvis and Ginger: Elvis Presley's Fiancée and Last Love Finally Tells Her Story, de Ginger Alden (Ebook) - https://amzn.to/2QrWmj2

Elvis Presley. História, Discografia, Fotos e Documentos, Gillian G. Gaar, 2016 - https://amzn.to/39sIspm

Elvis - A biografia ilustrada, Marie Clayton, 2015 - https://amzn.to/37nsr1P

Elvis and Me, Priscilla Presley (Autor), Sandra Jarmon (Autor), Sandra Harmon (Autor), 1986 - https://amzn.to/2QABjuj

Elvis Presley: A Vida Na Musica, Ernst Jorgensen, 2010 - https://amzn.to/2QcTuHy

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W