Matérias » Hollywood

Joan Bennett: a tragédia que abalou a carreira da estrela do cinema mudo

A atriz do estava no auge de sua vida quando um crime cometido por seu marido atrapalhou seus planos

Paola Churchill Publicado em 21/03/2020, às 11h00

Joan Bennet em Almas Peversas (Scarlet Street), 1945
Joan Bennet em Almas Peversas (Scarlet Street), 1945 - Wikimedia Commons

Joan Geraldia Bennett nasceu em 27 de fevereiro de 1910 na cidade Fort Lee, Nova Jersey. A mais nova entre suas irmãs, a família toda era voltada para o estrelato. Seu pai era o ator Richard Bennett e sua mãe, a atriz e escritora Adrienne Morrison.

Sua primeira aparição nas grandes telas foi ainda pequena junto com sua família no filme The Valley of Decision, 1916. Ganhou destaque por suas mudanças no visual durante a carreira. Começou interpretando a loira inocente, mas ficou conhecida mesmo na sua fase morena, que atuava como a Femme Fatale nas películas do diretor Fritz Lang, como O Homem que quis matar Hitler (Man Hunt), 1941 e Almas Perversas (Scarlet Street), 1945.

Participou de mais de 70 produções, faladas e não faladas. Casou-se com o diretor Walter Wanger que a transformou em sua musa. Mas, o que Joan não sabia, e que seu próprio marido seria sua ruína.

Cartazes de seus filmes mais famosos, "O Homem que queria matar Hitler",1941 e "Almas Perversas", 1945/ Crédito: Divulgação 

 

Por muito tempo, Bennett era representada por Jennings Lang. Na tarde de 13 de dezembro de 1951, os dois combinaram de se encontrar para discutir a participação da estrela em um programa televisivo. A reunião acontecia em Santa Monica Boulevard bem em frente ao Departamento de Polícia de Bervely Hills. Enquanto isso, Walter Wanger dirigia pelas redondezas e notou o carro de Joan estacionado e decidiu que iria esperá-la.

Com o fim do almoço, Joan e Lang voltaram para seus veículos, mas ficaram um tempo conversando. Bastou aquela cena, para um surto de ciúmes do diretor, que saiu de seu automóvel e atirou duas vezes no agente. Uma bala atingiu sua coxa direita, próximo do quadril e outra penetrou sua virilha.

Joan e seu marido, o diretor Walter Wanger/ Crédito: Wikimedia Commons 

 

O posto policial do outro lado do estacionamento ouviu os disparos e foram até o local. Encontraram a arma e levaram o criminoso sob custódia. O homem passou por horas sendo interrogado e dizia ter cometido a infração, pois afirmava que a vítima estava destruindo sua casa por ter um caso com sua mulher.

A intérprete que acompanhou o ferido até o hospital negou quaisquer acusações sobre traição "Mas se Walter acha que as relações entre Lang e eu são românticas ou qualquer coisa, exceto estritamente comerciais, ele está errado", declarou ela.

No dia seguinte, Walter saiu sob fiança, voltou para o seu lar em Holmby Hills só para recolher seus pertences e se mudou. O empresário se recuperou após passar alguns dias no pronto socorro. 

Depois do incidente, os convites para atuar em grandes produções no cinema eram poucas, ninguém queria associá-la a seus longa-metragens. Parecia ser o fim para a diva. Mas, em 1960, ela encontrou outra forma de continuar atuando: a série televisiva Dark Shadows.

Interpretava Elizabeth Collins Stoddard, a matriarca da família favorita dos fãs góticos do programa. Ela inclusive foi indicada ao Emmy, em 1968, por sua atuação na trama. E ficou ainda mais consagrada no gênero terror, por seu papel em Suspiria,1977, de Dario Argento.

Bennett morreu por conta de um ataque cardíaco em 7 de dezembro de 1990. Até hoje, é conhecida por ser uma das atrizes mais subestimadas de seu tempo.


+Saiba mais sobre o tema através das obras abaixo disponíveis na Amazon: 

My Way of Life: Joan Crawford (2017) - https://amzn.to/2VMvFto

The Lonely Life: An Autobiography (English Edition) (1962) - https://amzn.to/3cCHDf1

As Mais Famosas Atrizes de Hollywood: 1940 a 1960 - Parte 1: Audrey Hepburn, Ingrid Bergman, Grace Kely, Debora Kerr, Ava Gardner, Claudette Colbert e outras, de Americo Luis Martins da Silva ( 2019) - https://amzn.to/2TuO24E

O que é o cinema?, de por André Bazin e Eloisa Araújo Ribeiro ( 2018) - https://amzn.to/2TJssrR

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/3b6Kk7du