Matérias » Personagem

Kirk Jones, o homem que saltou das Cataratas do Niágara dentro de uma bola inflável

Após sobreviver com sucesso em 2003 sem utilizar nenhum equipamento de segurança, o estadunidense tentou repetir o feito em 2017 com um pouco mais de ousadia

Wallacy Ferrari Publicado em 20/06/2020, às 19h00

Kirk Jones em entrevista ao Inside America, em 2003 (à esq.) e a bola usada no ato (à dir.)
Kirk Jones em entrevista ao Inside America, em 2003 (à esq.) e a bola usada no ato (à dir.) - Divulgação / YouTube

A facilidade do homem bêbado em realizar atos incríveis sem ao menos planejar já é historicamente surpreendente, contando com sobreviventes em grandes tragédias e até ideias mirabolantes inventadas com a ajuda do álcool. Porém, em 2003, um americano realizou um feito que diversos profissionais tentavam há décadas, estando completamente embriagado.

Kirk R. Jones, na época com 40 anos, bebia com amigos em Canton, no Canadá, onde morava e trabalhava. Entre as brincadeiras, o grupo realizou uma aposta para os mais corajosos; pular, sem nenhuma vestimenta de segurança, nas Cataratas do Niágra, ainda naquela noite. O estadunidense aceitou o desafio e nadou até a queda d’água.

Em meio a gargalhadas, os amigos estavam tão bêbados que tentaram gravar o feito, mas não conseguiram pela incapacidade de operar a filmadora. Perderam de filmar um feito histórico, com Kirk caindo no rio e desaparecendo na cachoeira. Aguardando algum sinal de vida, os amigos se desesperaram e ligaram para o resgate, que chegou ainda na madrugada.

Um feito impressionantemente idiota

Pela manhã, o rapaz foi localizado com vida após uma queda de mais de 27 metros, equivalente a um prédio de 9 andares, no trecho da Catarata Horseshoe. Com costelas quebradas e uma lesão na espinha, Kirk tentou explicar para a equipe de resgate que o episódio teria sido uma tentativa de suicídio, contestado por amigos e familiares.

De acordo com as autoridades responsáveis pela manutenção e segurança das cataratas, o homem pulou em uma corrente de 150 mil galões de água por segundo. Em entrevista ao Good Morning America, uma semana depois da queda, ele descreveu o som da queda como ensurdecedor, pelo alto barulho da cachoeira: “Eu fui realmente sugado para dentro, imediatamente, dentro da cortina das cataratas”.

O feito inédito não foi tratado com glória pelas autoridades canadenses; foi declarado culpado por realizar uma travessura ilegal e foi multado em US$ 2.300, além de ser enviado de volta aos Estados Unidos e ser banido de entrar no Canadá novamente. “Você nunca verá uma ação nas águas do Niágara com meu nome escrito novamente", afirmou Kirk aos repórteres após a conclusão do caso.

Um homem sem palavra

Após uma rápida recuperação, o homem trabalhou por anos como acrobata em um circo na Flórida, EUA, porém, sempre indagou como foi possível realizar o feito. Com o auxílio do irmão Keith, começou a escrever um livro, consultando físicos e médicos. A obsessão resultou em mais uma brilhante ideia sem noção: repetir a queda sem equipamentos de segurança.

A bola usada por Kirk Jones para refazer a queda em 2017 / Crédito: New York State Parks Police

 

Para deixar ainda mais cômico, o homem saltaria dentro de uma gigante bola inflável, tentando amparar os ossos. Provisoriamente, o título de seu livro era “Um guia para sobreviver às Cataratas do Niágara". Em 19 de abril de 2017, o homem entrou escondido no Canadá e tentou refazer a queda no trecho da fronteira entre o seu país-natal e o país vizinho.

Dessa vez, no entanto, a sorte não esteve ao seu lado; de alguma maneira não conclusiva, o homem foi atirado da boia e ficou desaparecido por duas semanas. Diversos moradores próximos relataram ter observado a boia, mas sem nenhum movimento humano. Apenas em 2 de junho, seu corpo foi encontrado pela Guarda Costeira dos EUA, a 20 quilômetros das cataratas.


+Saiba mais sobre o tema através das obras abaixo, disponíveis na Amazon:

Until Niagara Falls, de Jennifer Maruno (2020) - https://amzn.to/2EO94Tk

Wicked Niagara: The Sinister Side of the Niagara Frontier (English Edition), de Lorna MacDonald Czarnota (2011) - https://amzn.to/2Znc3Mk

Where Is Niagara Falls?, de Megan Stine (2011) - https://amzn.to/2ZjRRuJ

Niagara Falls in World War II, de Michelle Ann Kratts (2016) - https://amzn.to/2QfPVPN

Frommer's EasyGuide to Toronto, de Niagara and the Wine Country, Caroline Aksich (2019) - https://amzn.to/35WnsF9

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W