Matérias » Personagem

Libby Thompson, a prostituta que virou uma das mais bem-sucedidas cafetinas do Velho Oeste

Conhecida como Squirrel Tooth Alice, a mulher e o seu marido ganhavam dinheiro por onde passaram

Caio Tortamano Publicado em 25/05/2020, às 18h35

A prostituta Libby Thompson
A prostituta Libby Thompson - Divulgação

Elizabeth Thompson, mais conhecida como Libby teve uma infância conturbada. Depois da sua família ter perdido toda a fortuna durante a Guerra Civil Americana, índios Comanche invadiram a fazenda onde ela morava com a família no Texas e a sequestraram.

Com apenas 9 anos de idade, a garota ficou sob o controle dos nativo americanos, e somente conseguiu a liberdade depois que a família pagou uma quantia em resgate, no ano de 1867, quando a menina tinha treze anos de idade. Após o sequestro, a jovem passou a ser ignorada pela sociedade, que espalhavam rumores sobre o episódio.

O único homem das redondezas que conhecia e se aproximava da garota era muito mais velho que Libby. Eles logo começaram a se relacionar. O pai da menina, James Haley, porém, ficou ultrajado com a ideia que um homem mais velho estava se aproveitando de sua filha dessa maneira, e resolveu a situação no melhor estilo bangue-bangue, matando o pretendente sem nem pensar duas vezes.

Todavia, a ideia de que estaria defendendo a honra da filha foi em vão A imagem de Elizabeth piorou e ela passou a ser alvo de mais rumores. Como consequência, ela tomou a decisão de fugir de casa em busca de uma nova realidade, parando somente na cidade de Abilene, no Kansas.

Prostituição

Nessa época, uma jovem moça tinha poucas opções de conseguir uma renda, senão entrando para a prostituição ou a dança de salão. Na cidade de Abilene, ela acabou se relacionando com um apostador de jogos de azar e vaqueiro chamado William “Texas Billy” Thompson, irmão do famoso pistoleiro Ben Thompson.

O pistoleiro Billy Thompson / Crédito: Divulgação

 

Os pombinhos saíram do Kansas e voltaram para o estado natal de Libby, o Texas. Lá, o amado trabalhou como vaqueiro por um bom tempo, enquanto a moça continuava se apresentando nos bares e bordéis. Pouco tempo depois, o casal acabou tendo um filho. Para que o bebê não fosse taxado de bastardo, resolveram se casar.

Fugas

Em 1873, o que era um casamento razoavelmente tranquilo se tornou em uma grande desventura. Em uma sessão de bebedeira, Billy — já completamente alcoolizado — atirou e matou o xerife da cidade de Ellsworth, Chauncey Whitney. Ele foi preso, mas a empresa para quem trabalhava pagou a sua fiança.

O episódio, no entanto, não tirou o medo que o criminoso tinha que sua família fosse alvo de perseguições. Como consequência, os três fugiram para Dodge City. Nova cidade, mesmos costumes: Billy continuava ganhando a vida como um apostador e Libby ainda era prostituta. 

Por mais que tenham feito certo dinheiro na cidade do Kansas, os dois decidiram se mudaram para Sweetwater, no Texas. De uma vez por todas, aquela seria a terra onde fariam sucesso, especialmente Libby. Os dois compraram uma fazenda fora da cidade e também se tornaram donos de um salão de dança dentro de Sweetwater.

Sob o comando de Elizabeth, o local era fachada para um bordel do qual a mulher era cafetina. O sucesso do empreendimento deu-se muito pela clareza que Libby tinha com a profissão, e não se envergonhava de seu negócio.

A figura da cafetina tornou-se um símbolo diante dos diversos cães-da-pradaria que tinha como animais de estimação, que acabaram dando a bem-sucedida mulher — além de seus dentes separados — o apelido de Squirrel Tooth Alice ("Alice Dentes de Esquilo").

Libby ao lado de um dos seus mascotes, responsáveis pelo apelido / Crédito: Divulgação

 

 

Ela acabou tendo nove filhos com Billy, que morreu de tuberculose em 1897. Eles seguiram ou para o caminho do crime, ou para o da prostituição, mas isso não impediu que acabasse vivendo sua velhice nas casas desses filhos pela Califórnia. Libby morreu em 1953, em Los Angeles, aos 98 anos de idade.


+Saiba mais sobre o Velho Oeste por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

O estranho oeste de Kane Blackmoon, de Duda Falcão (2019) - https://amzn.to/2XS4z58

Areia nos dentes, de Antônio Xerxenesky (2010) - https://amzn.to/3awa7ES

Assassinos da Lua das Flores, de David Grann (2018) - https://amzn.to/2RYMgYc

Oeste, de Carys Davies (2018) - https://amzn.to/2yyBS2r

Coleção Green Blood, de Masasumi Kakizaki (2016) - https://amzn.to/2VuF4Fy

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W