Matérias » Ufologia

Luzes de Lubbock: um dos primeiros grandes eventos Óvnis dos Estados Unidos

Durante duas semanas, centenas de moradores haviam se deparado com as luzes. No entanto, o mistério nunca foi esclarecido pelas autoridades governamentais

Fabio Previdelli Publicado em 07/06/2020, às 08h00

Imagem ilustrativa das Luzes de Lubbock
Imagem ilustrativa das Luzes de Lubbock - Creative Commons

A noite de 25 de agosto de 1951 parecia ser como todas as outras daquele verão em Lubbock, no Texas. Naquela ocasião, um grupo de cientistas da Universidade de Tecnologia do Texas estava reunido no quintal da casa do professor de geologia da instituição, o doutro W. L. Robinson.

Entretanto, não foi o chá ou a conversa sobre micrometeoritos que tornou a reunião memorável, o que deixou a história curiosa foi algo que todos eles testemunharam.

 "Se um grupo tivesse sido escolhido a dedo para observar um OVNI, não poderíamos ter escolhido um grupo de pessoas mais tecnicamente qualificado do que aquele", escreveu o tenente da Força Aérea dos EUA, Edward J. Ruppelt.

Por volta das 21h20, os colegas da universidade viram algo sobrenatural no amplo céu do Texas: uma formação em formato de V de 15 a 30 luzes verde, que iluminavam a região tomada pela escuridão.

Atordoados, mas ainda usando seu raciocínio científico treinado, eles imaginaram que as luzes reapareceriam. E o grupo realmente estava certo, cerca de uma hora depois a formação enfim foi vista novamente. Os cientistas estavam todos de acordo: haviam testemunhado algo fantástico — mas o que era aquilo?

Os professores não foram as únicas testemunhas credíveis das misteriosas luzes verde azuladas naquela noite. Ao entardecer, em Albuquerque, Novo México (a cerca de 600 quilômetros de Lubbock), um funcionário da Sandia Corporation, uma organização secreta da Comissão de Energia Atômica, também as viu.

Mais ou menos uma hora depois, um fazendeiro aposentado de Lubbock também corroborou com o relato.

Na noite de 30 de agosto, o espetáculo ganhou os céus novamente, desta vez observado por Carl Hart Jr — que fez registros fotográficos da formação luminosa e as vendeu para um jornal local. Já em de 5 de setembro, foi a vez de outros dois professores da instituição relatarem o avistamento.

O caso passou a ser acompanhado de perto pelo tenente Edward J. Ruppelt, supervisor do Projeto Blue Book da Força Aérea Americana. Quando Ruppelt voou para Lubbock, para investigar os avistamentos no final de setembro, centenas de moradores já haviam visto as luzes durante um período de duas semanas.

As investigações

Mas nem todos esperavam que o governo começasse a investigar o assunto. Assim, nas semanas após sua primeira observação, o grupo de professores, junto com outros colegas, observaram as luzes mais 12 vezes. Eles mediram os ângulos dos clarões, calcularam aproximadamente sua velocidade e notaram que sempre viajavam de norte a sul. Munidos de walkie-talkies, os cientistas-detetives formaram duas equipes e tentaram medir a altitude do OVNI — mas não tiveram grande sucesso.

Com o passar dos dias, mais e mais moradores de Lubbock alegaram ter visto as luzes. E os professores passaram a cruzar essas informações com o que eles mesmos viram e registraram.

Mas, enquanto muitos observadores ofereceram lembranças incompletas ou mal expressas, há poucas dúvidas de que o que as pessoas estavam vendo era algo real.

Mas, apesar dos avistamentos de Óvnis serem eventos pontais, as luzes de Lubbock foram observadas várias vezes, por centenas de pessoas.

O que seria aquilo?

Quando Ruppelt começou sua investigação formal, ele descobriu que as luzes haviam afetado todos os que os que a viam — que passaram a ter medo do fenômeno. Uma primeira teoria havia sido levantada por um morador local, que sugeriu que as luzes eram, na verdade, pássaros tarambola ou, na verdade, o reflexo de alguma luz que batia sobre seus corpos voadores — uma teoria à qual Ruppelt daria alguma credibilidade.

Mas a dúvida permaneceu mesmo após a publicação de um Relatório sobre objetos voadores não identificados, produzido pelo tenente. O documento apresenta a seguinte explicação evasiva:

“Eu pensei que as luzes dos professores poderiam ter sido algum tipo de pássaro refletindo as luzes da rua, mas eu estava errado. Eles não eram pássaros, não eram luz refratada, mas, também, não eram naves espaciais. As luzes que os professores viram ... foram identificadas positivamente como um fenômeno natural muito comum e facilmente explicável ... Não consigo divulgar exatamente como a resposta foi encontrada, porque é uma história interessante de como um cientista montou instrumentação completa para rastrear as luzes. Contar a história levaria à sua identidade e, em troca de sua história, prometi ao homem um completo anonimato ... Com a confirmação, a fase mais importante das luzes de Lubbock foi dada como ‘resolvida’”.

E assim, o mistério das luzes Lubbock permanece sem solução, com o incidente persistindo na memória dos mais velhos e cativando a imaginação dos mais novos.


+ Saiba mais sobre ufologia por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

UFOs: OVNIs - Militares, pilotos e o governo abrem o jogo, de Leslie Kean (2011) - https://amzn.to/2WCs4gi

Óvnis: Uma história da atividade alienígena dos avistamentos às abduções até a ameaça global, de Rupert Matthews (2011) - https://amzn.to/2WwzX6I

Céus abertos, mentes fechadas: Pela primeira vez, um homem do governo, expert em óvnis, fala sobre o assunto, de Nick Pope (2011) - https://amzn.to/3chIAJh

O Enigma UFO: Conheça a Verdadeira História de OVNIS, ET´s, Alienígenas, Óvnis, Discos Voadores, Aliens, Abduções, Ufologia e a Agenda Secreta Para o Planeta Terra, de Steven Lawrence (Ebook) - https://amzn.to/35JxvOC

 UFO - O Visitante Inesperado: Avistamentos de objetos voadores não identificados no Rio de Janeiro - Brasil, de Anderson Oliveira (Ebook) - https://amzn.to/35H6zyY

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

 Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W