Matérias » Brasil

Maior tatu do mundo em risco: a realidade da espécie tatu-canastra no Cerrado brasileiro, segundo estudo

Considerado um engenheiro do ecossistema, o tatu-canastra é uma espécie de enorme importância para o Cerrado

Giovanna Gomes Publicado em 02/03/2021, às 16h22

Tatu-canastra
Tatu-canastra - Divulgação/Instituto de Conservação de Animais Silvestres

Considerado um engenheiro do ecossistema devido a sua importância, o tatu-canastra é o maior de todos, podendo chegar a 1,5 metros de comprimento e pesar 60 kg.

Contudo, conforme um estudo realizado por especialistas do Instituto de Conservação de Animais Silvestres (ICAS) a espécie já rara no Cerrado brasileiro, pode deixar de existir no estado do Mato Grosso do Sul.

“Sabíamos que, no Pantanal, a viabilidade da espécie não estava ameaçada a curto prazo. Mas no Cerrado, pelo que líamos e víamos, sabíamos que a situação era urgente. Então a primeira pergunta que a gente queria fazer foi: existe ainda tatu-canastra do Cerrado do Mato Grosso do Sul? E onde?”, disse Arnaud Desbiez, presidente do ICAS e fundador do Projeto Tatu-canastra em entrevista ao G1.

Os especialistas se atentaram para os indícios da presença da espécie - Crédito: Divulgação/ICAS

 

Importante pesquisa

Visando entender o caso, os pesquisadores escolheram 37 municípios do Mato Grosso do Sul, sendo 22 pertencentes ao Cerrado e os demais à Mata Atlântica.

“Dividimos esses locais em microbacias e vimos a porcentagem de área nativa que ainda restava em cada uma delas. Ranqueamos essas áreas, falamos com os proprietários e íamos visitar o fragmento andando e procurando por sinais do tatu-canastra”, explicou Desbiez.

Assim como o tamanduá, o tatu-canastra se alimenta de formigas e cupins. De hábitos noturnos, a espécie cava buracos e permanece dentro das tocas durante o dia. Justamente por ser um animal dificilmente encontrado, foi necessário prestar atenção nos mínimos detalhes que poderiam indicar a presença do mamífero.

Rastro de tatu-canastra - Crédito: Divulgação/ICAS

 

Áreas fragmentadas

Os pesquisadores identificaram a existência de diferentes fragmentos de habitat no estado, sendo que o maior deles tem apenas 170 km², área na qual menos de sete tatus-canastra podem viver.

“O resultado assustou muito, porque a gente viu que tinha menos de 70 fragmentos do tamanho da área de vida do tatu-canastra no Pantanal. A pesquisa mostra que essa espécie está muito ameaçada no Cerrado e que o habitat está muito fragmentado", disse o fundador do projeto.

"Isso significa que, para trafegar de um fragmento para o outro, o tatu-canastra tem que atravessar rodovias e grandes áreas de pastagem, correndo o risco de ser perseguido, caçado, atropelado ou até atacado por cães, uma situação extremamente preocupante”, prosseguiu.

Buraco cavado por tatu-canastra - Crédito: Divulgação/ Instituto de Conservação de Animais Silvestres

 

Reprodução lenta

De acordo com o projeto, há outro problema que implica na preservação da espécie: a velocidade com que os tatus se reproduzem.

Eles atingem a maturidade para reprodução apenas aos sete anos de idade, sendo que apenas um filhote é gerado a cada gestação. Além disso, trata-se de um processo que ocorre a cada três anos.

“É uma espécie que não tem a capacidade de recuperar ameaças e nos dá medo que nos próximos 15 a 30 anos o tatu-canastra possa se extinguir”, disse Desbiez.

O objetivo agora é descobrir quantos são os indivíduos que ainda vivem no bioma. Além disso, há o desafio de descobrir uma maneira de conectar os vários fragmentos de habitat para que a espécie possa ser salva.


+Saiba mais sobre o reino animal por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

Ocean: A Visual Encyclopedia, de DK Publishing (2015) - https://amzn.to/31L941I

Animals: A Visual Encyclopedia, de DK Publishing (2012) - https://amzn.to/33TNk6r

Life Lessons from the Heart of Horses: How Horses Teach Us About Relationships and Healing, de Kathy Pike (2021) - https://amzn.to/31JdYMA

Animal Kingdom: A Collection of Portraits, de Randal Ford (2018) - https://amzn.to/33QdKWN

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W