Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Matérias / Estados Unidos

A mansão abandonada dos EUA que pode ter um novo capítulo no futuro

A mansão abandonada, que chegou a ser retratada em 'Stranger Things', tem o futuro definido

Wallacy Ferrari Publicado em 30/06/2022, às 18h24

Imagem externa da mansão abandonada - Centro de Preservação de Atlanta
Imagem externa da mansão abandonada - Centro de Preservação de Atlanta

Em 1920, Asa Griggs "Buddy" Candler Jr. chamava atenção da população local de Atlanta, na Geórgia, EUA, ao iniciar a construção de sua própria casa. Anteriormente, o rapaz morava junto ao pai, Asa Griggs Candler, um dos co-fundadores da Coca-Cola, auxiliando no crescimento do império das bebidas adocicadas.

Não menos poderoso, o herdeiro do empresário auxiliou nos negócios do pai e expandiu o patrimônio com investimentos em outras áreas, iniciando a edificação de sua moradia com requintes da alta sociedade; a mansão, com arquitetura renascentista georgiana, foi confeccionada em dois anos, sendo ocupada em 1922 pelo empresário.

Por lá, os Candler ficaram por duas décadas, até que, pouco depois da Segunda Guerra Mundial, deixaram o local, como informou o portal The Georgian Revival. Vendido em 1948 para uma agência ligada ao governo, o local deveria ser transformado em um complexo para veteranos de guerra, mas nunca saiu do papel. Do contrário, acabou sendo abandonado e deteriorado com os efeitos do tempo, mesmo estando localizada no centro da importante cidade estadunidense.

Imagem interna da mansão abandonada / Crédito: Divulgação / Emory University

Com 40 cômodos, a propriedade tornou-se popularmente conhecida, chegando a ser associada a 'assombrações' e suspense em seriados e filmes onde foi retratada, como em 'Stranger Things' e 'The Vampire Diaries', onde chegou a ser a usada como locação após autorização da administração. Mesmo assim, completou 100 anos sem intervenções por sua melhoria estrutural em 2022.

Vida nova

No ano de 1998, uma esperança surgiu para reestabelecer a grandeza da residência ao ter seu terreno adquirido pela Emory University; nos anos seguintes, foi ela quem intermediou a presença de produções cinematográficas, até que, em seu centenário, convocou uma reunião da comunidade acadêmica e local para definir um futuro para a propriedade chamativa.

O encontro concluiu que iniciará uma restauração da mansão dedicada não apenas a restaurar a memória cultual da cidade, mas abrigará uma comunidade dedicada aos idosos, com atividades e abrigação específica, incorporando ela ao campus da instituição, como revelou o vice-presidente associado de planejamento e engajamento da Universidade, David C. Payne, ao jornal Reporter Newspapers de Atlanta.

Imagem interna da mansão abandonada / Crédito: Divulgação / Emory University

Uma vez restaurado, esperamos que haja oportunidade para uso no campus e na comunidade. [...] A Mansão Candler foi verdadeiramente elegante em seu auge e deve ser restaurada à sua grandeza. Este plano fará isso”, acrescentou David.

Contudo, devido ao fato da propriedade estar incluída no Registro Nacional de Propriedades Históricas dos Estados Unidos, o processo de restauração pode ser dificultado devido às licenças necessárias, com a possibilidade de iniciar somente em 2024. Até lá, será mantida e assegurada pela universidade.