Matérias » Personagem

Marcos Pontes, o primeiro brasileiro a ir ao espaço

Astronauta fez história a bordo da Missão Centenário em 29 de março de 2006

Isabela Barreiros Publicado em 18/11/2021, às 13h31

O astronauta Marcos Pontes retornando da Missão Centenário em 8 de abril de 2006
O astronauta Marcos Pontes retornando da Missão Centenário em 8 de abril de 2006 - Getty Images

No dia 29 de março de 2006, a tripulação Soyuz TMA-8 chegou até a Estação Espacial Internacional (ISS na sigla em inglês) com a Missão Centenário. A operação foi especialmente marcante para os brasileiros, que levaram um representante pela primeira vez ao espaço.

Do Cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão, decolaram na nave Soyuz-TMA 8 o comandante russo Pavel Vinogradov, o astronauta estadunidense Jeffrey Williams e o tenente-coronel Marcos Pontes, que se tornou o primeiro brasileiro a ir ao espaço há 15 anos.

A missão, batizada em homenagem ao centenário do voo 14 Bis de Santos Dumont, em Paris, em 23 de outubro de 1906, considerado o primeiro tripulado de uma aeronave, aconteceu devido a um acordo entre o Brasil, com a Agência Espacial Brasileira (AEB), e a Rússia, a Agência Espacial da Federação Russa (Roscosmos).

A nave Soyuz-TMA 8, que levou a tripulação ao espaço / Crédito: Getty Images

 

O evento entrou para a história e fez com que o nome de Pontes ganhasse grande destaque em seu país natal e internacionalmente. Durante a estadia de oito dias na ISS, os astronautas realizaram uma série de experimentos científicos que possibilitaram importantes conhecimentos na ciência.

Apaixonado por aviões

Nascido em 11 de março de 1963 em Bauru, no interior de São Paulo, Marcos Pontes contou ao longo de sua carreira que, desde sua infância, sempre foi apaixonado por aviões e sonhava em pilotá-los. Em uma entrevista à revista UFO em 2010, o astronauta explicou esse contexto:

“Eu sempre tive muitas fotos de aviões pregadas nas paredes do meu quarto. Hoje, quando alguma criança me escreve pedindo fotos de ônibus espaciais ou da estação internacional, fico imaginando o quarto dela e como deve ser parecido com o meu quarto, na minha infância”.

Essa vontade fez com que ele seguisse uma carreira relacionada à área. O paulista se cursou tecnologia aeronáutica na Academia de Força Aérea (AFA), tem experiência como piloto de testes da FAB (Força Aérea Brasileira), formou-se em engenharia aeronáutica no ITA e especializou-se com um mestrado em engenharia de sistemas pela Naval Postgraduate School, em Monterrey (EUA).

O astronauta durante seu retorno à Terra em 2006 / Crédito: Getty Images 

 

Em 1998, ingressou na agência espacial americana Nasa em um concurso público da Agência Espacial Brasileira (AEB). No entanto, o projeto acabou não indo para frente porque o governo brasileiro não seguiu com os compromissos firmados com os Estados Unidos, o que encerrou a parceria, como relatou o UOL.

Ainda assim, Pontes foi consagrado como astronauta pela Nasa em dezembro de 2000, tornando-se o primeiro brasileiro a receber tal título da importante agência estadunidense. Ele falou sobre a sensação à UFO há 11 anos.

“A primeira vez que fui ao Johnson Space Center, em Houston, Texas, vi o foguete Saturno 5 no pátio. Quando cheguei ali, entrando de carro com o funcionário da seleção de astronautas, meu coração bateu forte”.

Astronauta brasileiro

O Cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão, onde os astronautas decolaram em 2006 / Crédito: Getty Images

 

Depois de receber o título de astronauta, o tenente-coronel se tornou o primeiro brasileiro a embarcar em uma missão espacial a bordo da lendária Missão Centenário, que completa 15 anos em 2021. Atualmente, ele atua como Ministro de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovações no Governo Bolsonaro.


+Saiba mais sobre o tema por meio de grandes obras disponíveis na Amazon

Picturing Apollo 11: Rare Views and Undiscovered Moments (Edição Inglês), de J. L. Pickering e John Bisney (2019) - https://amzn.to/2UcNKiD

NASA Mission AS-506 Apollo 11 Owners' Workshop Manual: 50th Anniversary of 1st Moon Landing (Edição Inglês), de Christopher Riley e Philip Dolling (2019) - https://amzn.to/2AEMRbO

Moonshot: The Flight of Apollo 11 (Edição Inglês), de Brian Floca (2019) - https://amzn.to/2XA5LK0

Moonfire - the epic journey of apollo 11 (Edição Inglês), de Colum Mccann (2020) - https://amzn.to/3ePsCqA

Moonbound: Apollo 11 and the Dream of Spaceflight (Edição Inglês), de Jonathan Fetter-Vorm (2019) - https://amzn.to/2Ue8iHo

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W