Matérias » Antiguidade

Misturas para ereção e leilão de esposas: as relações íntimas na Antiguidade

Inúmeras mudanças ocorreram tanto no sexo quanto no casamento; ambos tiveram suas respectivas práticas e nuances no decurso da história

Gabriel Fagundes Publicado em 21/03/2020, às 08h00

O mercado matrimonial da Babilônia, Edwin Long
O mercado matrimonial da Babilônia, Edwin Long - Divulgação

A normalidade é questionável, os costumes são variáveis, o hoje nem sempre será o reflexo do ontem e nem sempre será usado como experiência para o futuro. A única certeza é a inconstância, já que tudo o que vivenciamos faz parte do momento em que estamos inseridos, da sociedade que nos caracterizam. 

Um exemplo começa com os gregos antigos, que realizavam misturas destinadas a melhorar o desempenho na cama. Para conseguir uma ereção duradoura, valia passar no órgão genital um mix de mel com pimenta moída. Além disso, um antigo texto grego também descrevia outros passos: “Triture as cinzas deixadas após queimar a cauda de um cervo e faça uma pasta do pó adicionando vinho”, ela seria a responsável por fazer a libido aumentar.

Além disso, ao que se conta, uma planta causaria o endurecimento do falo depois que ela fosse passada na genital. Por isso, alguns homens que estavam sob a influência dessa erva, teriam atingido o clímax sexual 12 vezes, enquanto outros 70. Para voltar a normalidade precisava apenas despejar o azeite na parte viril.

Priapus sendo retratado com os atributos de Mercúrio em um afresco / Créditos: Museu Arqueológico Nacional de Nápoles

 

Características diferenciadas

Do mesmo modo que o sexo, os casamentos possuíram características de acordo com a circunstância da cultura fixada. Na Mesopotâmia Antiga, eles eram arranjados. Os casais não se conheciam antes da cerimônia, prática comum da época, que fez a união assumir a forma de um contrato legal entre duas famílias.

Já na Suméria e Babilônia, o ato em questão foi pensado para garantir a procriação e, portanto, um executor da continuidade da sociedade. Não sendo relacionado à felicidade pessoal do casal envolvido.

Heródoto, ao descrever a Babilônia, falou da existência de mercados de casamento, onde jovens foram vendidas para homens que procuravam uma esposa. Nestes "leilões de noivas", as mulheres eram destinadas para quem dava o maior lance.

Prostituição

Do mesmo âmbito desta matéria, e por isso é fundamental citar, a prostituição percorreu os séculos com suas particularidades. Na Babilônia antiga, havia uma tradição sagrada que atribuía às mulheres uma obrigação com a deusa Mylitta.

Imposição que marcou uma forma de prostituição, pois ao se destinar a um templo santificado as moças deveriam ter relações sexuais com um estranho em troca de uma taxa. Os ganhos destinava-se a deusa e, enquanto mulheres belas tinham sua obrigação cumprida rapidamente; as que não eram consideradas bonitas deveriam se prosituir mais, às vezes durante anos.

Homem que solicita sexo em troca de uma bolsa contendo moedas / Créditos: Metropolitan Museum of Art, Nova Iorque

 

Por fim, com os homens também existia o meretrício, amplamente aceito nas sociedades grega e romana. Em Atenas, a renda deles era sujeita a tributação, sendo tal atividade totalmente regulamentada pelo estado.

Entretanto, embora fosse legal, um homem que prestasse serviços mediante a um valor tinha seus direitos civis removidos: banido de aspectos da vida pública, não podendo servir como magistrado e nem tendo permissão para falar na assembleia. Como resultado, a maioria dos homens prostitutos eram escravos ou residentes estrangeiros.


+ Saiba mais sobre o desenvolver do sexo na história por meio das obras das obras disponíveis na Amazon :

A História do Casamento, por John Bevere e Lisa Bevere - https://amzn.to/3bf5Qqo
 
O livro do amor: Da pré-história à renascença, por Regina Navarro Lins (2012) - https://amzn.to/2QwnLkv
 
As origens do sexo, por Faramerz Dabhoiwala (2012) - https://amzn.to/2U6jMgF


Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/3b6Kk7du