Matérias » Personagem

Morto aos 2 anos: a triste saga do Príncipe Friedrich, neto da rainha Vitória

Acometido pela 'doença real', o menino cresceu sob os cuidados constantes da mãe, mas sofreu um acidente decisivo, que mudou a vida da família para sempre

Pamela Malva Publicado em 30/07/2020, às 13h20

Retrato do Príncipe Friedrich, neto da Rainha Vitória
Retrato do Príncipe Friedrich, neto da Rainha Vitória - Wikimedia Commons

A vida da monarquia durante grande parte do século 19 era repleta de luxo e privilégios. Ainda assim, nem mesmo os herdeiros dos palácios escapavam dos maiores e mais violentos males da época. Doenças e algumas condições eram simplesmente inevitáveis.

No caso da linhagem da Rainha Vitória, por exemplo, uma das complicações mais cruéis era a hemofilia. Em silêncio completo, a enfermidade conhecida como "doença real" tomava conta dos descendentes da monarca e se espalhava por diversas coroas.

O primeiro membro da família da rainha a manifestar a doença foi o príncipe Leopoldo. Depois dele, contudo, muitos outros vieram, herdando o gene da hemofilia de seus pais e avós. Esse foi o caso do Príncipe Friedrich de Hesse e pelo Reno.

Retrato da Princesa Alice, mãe do Príncipe Friedrich / Crédito: Wikimedia Commons

 

Complicações genéticas

Sucessor do Império Alemão, Friedrich nasceu em outubro de 1870, em Darmstadt. Como segundo filho de Luís IV, o grão-duque de Hesse, e da Princesa Alice do Reino Unido, o menino era mais um dos muitos netos da Rainha Vitória.

Filha da monarca, Alice nunca realmente demonstrou sofrer com sintomas da hemofilia, mas logo ficou claro que ela portava os genes da doença quando seus dois filhos homens foram diagnosticados com ela. Tanto Friedrich, quanto seu irmão mais velho, Ernst, foram acometidos pela enfermidade quando ainda jovens.

Conhecido pelo apelido de Frittie, entretanto, o pequeno Friedrich era ainda mais sensível à hemofilia do que seu irmão. No caso dele, a manifestação da doença era tão severa que um simples corte poderia sangrar por semanas.

Quatro dos filhos de Alice e Luís IV / Crédito: Wikimedia Commons

 

Pupila dos olhos

Sempre muito alegre e animado, Frittie distribuía sorrisos pelo palácio dos pais e conquistava o coração dos criados e visitantes. Aos precoces dois anos, ele tinha um carisma singular e seu rostinho redondo era encantador.

Logo que nasceu, Friedrich recebeu um segundo nome, em homenagem ao irmão hemofílico de Alice, o príncipe Leopoldo. Apaixonada pelo irmão, a princesa até fez com que ele fosse padrinho de seu filho mais novo.

Em uma história muito semelhante à do seu tio, Friedrich começou a indicar sintomas da hemofilia em tenra idade. A doença, então, foi diagnosticada em fevereiro de 1873, quando um corte na orelha do menino sangrou por três dias seguidos.

Alice e seu marido Louis IV, o grão-duque de Hesse / Crédito: Wikimedia Commons

 

Brincadeira fatal

Da visita do médico em diante, a vida de Friedrich e sua família nunca mais foi a mesma. Com dois filhos hemofílicos, Alice precisava cuidar das crianças de forma constante — ela nunca tirava os olhos de seus meninos.

No final do mês de maio de 1873, contudo, os olhos de águia de Alice falharam por apenas alguns segundos. Aquele foi um dos maiores arrependimentos de sua vida e um dos momentos mais trágicos da família monárquica.

Tudo começou quando, em um dia calmo, Friedrich e Ernst estavam brincando no suntuoso quarto da mãe. Eles corriam com as pequenas pernas e, sempre muito unidos, se divertiam, gargalhando um para o outro.

O príncipe Ernst em foto de família / Crédito: Wikimedia Commons

 

Sorrisos apagados

Aos 5 anos de idade, Ernst era um menino astuto e adorava impressionar o irmão mais novo. Assim, naquele dia de maio, o pequeno teve uma ideia que, segundo imaginou na hora, era divertida e inofensiva.

Sem que Alice percebesse, Ernst saiu correndo pelo quarto da princesa e foi até o cômodo vizinho, logo ao lado. Da janela do segundo aposento, o menino projetou seu corpo para fora e acenou para Friedrich. Desesperada, Alice saiu correndo de seu quarto, a fim de afastar seu filho do parapeito.

Encantado com a inteligência e força do irmão, todavia, Frittie queria fazer o mesmo que Ernst. Aos 2 anos, então, ele aproveitou que sua mãe não estava mais presente e subiu em uma cadeira. Em segundos alucinantes, o corpo do menino se desequilibrou, a cadeira tombou e Friedrich caiu pela janela, de uma altura de seis metros.

Retrato da imponente Rainha Vitória, avó de Friedrich / Crédito: Wikimedia Commons

 

Paredes melancólicas

Embora o pequeno tenha sobrevivido à queda violenta, sua doença fez com que a recuperação fosse muito mais complexa. Algumas horas angustiantes se passaram até que, acometido por uma hemorragia cerebral severa, o menino faleceu.

A família entrou em luto absoluto, eles não podiam acreditar que Frittie havia morrido de forma tão violenta e, de certa forma, ignorante. A culpa consumiu seus familiares e Ernst afirmou que seu irmão não deveria ter morrido sozinho.

Alice foi a integrante da família que ficou mais perturbada pela morte do filho: ela nunca mais foi a mesma. Tudo ficou ainda pior quando duas de suas filhas, Irene e Alexandra, tiveram filhos hemofílicos — com isso, Alice percebeu que a crueldade da doença iria perseguir sua família por várias outras gerações.


+Saiba mais sobre o tema através das obras abaixo, disponíveis na Amazon:

Literatura Vitoriana e Educação Moralizante, de Flávia Costa Morais (2004) - https://amzn.to/2XWYpAP

Vitória, a rainha: Biografia íntima da mulher que comandou um Império, de Julia Baird (2018) - https://amzn.to/3eI1339

Vitória, a rainha: Biografia íntima da mulher que comandou um Império, de Julia Baird (2018) - https://amzn.to/3bFnTpp

Vitória, de Daisy Goodwin (2017) - https://amzn.to/3g0XrtG

Rainha Vitória, de Lytton Strachey (2015) - https://amzn.to/2LBuczL

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W