Matérias » Crime

Mr. Cruel: o mistério do criminoso mascarado australiano

Nas décadas de 1980 e 90, um homem sequestrou e abusou sexualmente de crianças na Austrália, mas nunca foi punido por seus crimes

Giovanna Gomes Publicado em 02/12/2020, às 17h52

A identidade do criminoso mascarado nunca foi descoberta
A identidade do criminoso mascarado nunca foi descoberta - Divulgação

Durante as décadas de 1980 e 90, os australianos temeram um abusador conhecido como Mr. Cruel, cuja identidade até hoje segue um grande mistério. Por esse motivo, o homem, que cometeu terríveis crimes contra crianças, nunca foi punido por seus atos. 

Nas últimas décadas do século 20, Mr. Cruel invadiu uma série de casas portando uma faca, pistola e usando uma balaclava, de modo que ninguém podia verificar sua identidade.

Além disso, o criminoso vendava suas vítimas. Assim, as que eram libertadas não eram capazes de fornecer informações sobre suas características físicas à polícia.

Muitos acreditam que o agressor tenha cometido cerca de uma dúzia de crimes na cidade de Melbourne. No entanto, apenas quatro foram oficialmente ligados ao mascarado.

O primeiro deles aconteceu em agosto de 1987, quando Mr. Cruel invadiu uma casa em Lower Plentye e abusou sexualmente de uma menina de 11 anos, após ter amarrado os pais da criança e os prendido em um armário. 

Em dezembro do ano seguinte, cometeu um ato semelhante: entrou em uma casa em East Ringwood, onde promoveu um assalto e sequestrou uma criança de 10 anos, Sharon Wills.

Ela apareceu vestindo sacos de lixo em um bairro próximo 18 horas depois. Para a surpresa de todos, Sharon descreveu o agressor como um homem gentil, característica que foi apontada também por suas vítimas seguintes.

Outra invasão domiciliar e sequestro ocorreram em julho de 1990. Nicola Lynas, de 13 anos de idade, foi levada de sua casa em Canterbury por Mr. Cruel para um local desconhecido, onde foi agredida repetidamente.

A menina foi liberada 50 horas depois e, segundo ela, o mascarado teria dito que ele a tinha visto voltando da escola para casa antes de sequestrá-la. 

Imagem meramente ilustrativa/ Crédito: Needpix

 

O último crime atribuído oficialmente ao agressor ocorreu em Templestowe, em abril de 1991. Karmein Chan, de 13 anos, assim como as outras crianças, também foi sequestrada. Na noite do dia 13 ela e suas duas irmãs mais novas estavam sozinhas em casa assistindo televisão no quarto.

Karmein e Karlie decidiram ir até a cozinha por volta das 20h40 para fazer um lanche, quando se depararam com o homem, que disse: "eu só quero o seu dinheiro. Eu não vou te machucar.” Ele empurrou as duas meninas mais novas para dentro do armário e saiu da casa com Karmein, que vestia apenas uma camisola branca de manga curta e estava descalça.

Cartaz da época dos crimes/ Crédito: Divulgação

 

As irmãs mais novas conseguiram se soltar e ligaram imediatamente para os pais. Como as outras crianças que tinham sido sequestradas por Mr. Cruel haviam aparecido horas depois do ato criminoso, a família tinha esperanças de que a menina voltasse para casa.

No entanto, ao contrário das demais, Karmein não foi encontrada com vida. Seu corpo foi descoberto em decomposição em um aterro sanitário de Coburg North quase um ano após o crime.

Suspeitos 

De acordo com um relatório do Herald Sun feito jornalista Keith Moor em 2016, há “sete suspeitos que a força-tarefa do Victoria Police Spectrum foram incapazes de descartar como sendo o Mr. Cruel.”

Muitos investigadores acreditavam que ele poderia ter sido Golden State Killer, famoso serial killer e estuprador americano. No entanto, a possibilidade foi totalmente descartada e o mistério ainda permanece sem solução.


+Saiba mais sobre tema através das obras abaixo:

De frente com o serial killer, de Mark Olshaker e John E. Douglas (2019) - https://amzn.to/2UX47R4

Ted Bundy: Um Estranho ao Meu Lado, de Ann Rule (2019) - https://amzn.to/3cauuc9

No More Excuses, de Amber J Keyser (2019) - https://amzn.to/31uYNGc

Abused, de Rachel Haines (2019) - https://amzn.to/2vXSjUP

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W