Matérias » Música

A música do Black Sabbath que surgiu após uma experiência caótica com LSD

O disco "Vol. 4" foi marcado por experiências bizarras da banda de metal clássico, que chegou a ver "esqueletos" em alucinações

Wallacy Ferrari Publicado em 18/03/2021, às 16h15

Membros da banda reunidos em sessão de fotos
Membros da banda reunidos em sessão de fotos - Wikimedia Commons

Não é exagero atribuir algumas das principais passagens do mundo do rock para as drogas; desde overdoses de personalidades notáveis até episódios repletos de excessos e estrelismos marcaram a música contemporânea. Com uma das principais bandas de metal clássico, não foi diferente.

O Black Sabbath é marcado por abusos de todos os membros, sendo os mais famosos pelo vocalista do conjunto, Ozzy Osbourne. Em entrevista ao jornal britânico The Guardian, em 2013, o cantor contou que chegou a fretar jatos particulares repletos de cocaína para abastecer os membros da banda durante o auge.

A revista Far Out chegou a relatar, no início de 2020, que o auge dos gastos com os vícios dos integrantes foi em 1972, durante a gravação do lendário álbum "Vol. 4".

De acordo com a reportagem, o grupo chegou a gastar 75 mil dólares, que seria equivalente a mais de 475 mil dólares com a atual inflação (aproximadamente R$ 2,6 milhões), em cocaína. Contudo, uma das músicas conteve uma mistura ainda pior.

Capa do álbum "Vol. 4" com arte de Ozzy no palco, em 1972 / Crédito: Wikimedia Commons

 

Laguna Sunrise

Na oitava faixa, compondo o lado B do vinil original, continha “Laguna Sunrise”, uma faixa instrumental de metal melódico sem muitos detalhes sobre o significado. No entanto, a verdadeira causa de sua existência foi revelada pelos membros da banda à Rolling Stone estadunidense; ela foi criada em meio a uma crise de alucinógenos coletiva entre os músicos.

A revelação foi feita pelo baixista e letrista Geezer Butler, que explicou que todos estavam absolutamente acometidos por LSD, psilocibina e 'coisas do tipo' em uma fazenda milionária em Laguna Beach, na Califórnia. O espaço foi cedido uma garota não identificada — talvez, pela quantidade de drogas consumidas, como relata o músico.

"Nós descemos chapados e uma pessoa da nossa equipe mergulhou de um trampolim em direção à água, pensando que estava indo direto à parte funda do mar, mas não estava. Ele quase quebrou o pescoço. [...] Eu estava vendo esqueletos e coisas realmente estranhas naquele momento, e isso transparece nas letras do álbum", continuou Butler.

Banda reunida durante turnê de reencontro no ano de 2013 / Crédito: Wikimedia Commons

 

Transformando em som

O incidente resultou em uma luz criativa por parte do guitarrista e principal compositor, Tony Iommi, que ao atravessar a noite consumindo os alucinógenos, teve uma inspiração ao ver o sol de Laguna Beach nascendo na praia, mentalizando a composição de “Laguna Sunrise”. A execução, no entanto, foi descrita como “desastrosa” pelo baixista.

Tony decidiu acrescentar mais cordas nessa faixa, decidindo que a mesma teria um violino e um violoncelo além dos instrumentos padrões no rock.

Completamente tomado pelo efeito, o músico tentou, sozinho, executar a música nos instrumentos adicionais, fracassando. Porém, o mesmo não esqueceu a melodia, levando músicos contratados ao estúdio após o fim das alucinações.

A trip musical dos membros não resultou em sucesso individual na faixa, visto que a mesma não foi lançada como single promocional, mas ainda no álbum "Vol. 4", a música de principal sucesso comercial é Snowrlind, que relaciona a neve e o frio com confusões mentais, sendo uma clara referência a cocaína, como explicou o portal Loudwire. Literalmente, um disco cujo combustível foram as drogas.


+Saiba mais sobre Ozzy Osbourne através das obras disponíveis na Amazon

Eu sou Ozzy, de Ozzy Osbourne (2014) - https://amzn.to/2us5gFn

Confie em mim, eu sou o Dr. Ozzy, de Ozzy Osbourne (2012) - https://amzn.to/37kMsGG

Black Sabbath: Symptom of the Universe, de Mick Wall (2015) - https://amzn.to/2NSDRn3

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W