Matérias » Áustria

Na Áustria, homem é condenado por apologia a Hitler nas redes sociais, diz site

A imagem foi compartilhada há um ano, mas apenas recentemente o austríaco foi condenado por seu ato

Giovanna Gomes, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 28/04/2021, às 15h26 - Atualizado às 19h32

Adolf Hitler em pintura
Adolf Hitler em pintura - Getty Images

Há algumas semanas, neste mês de abril, um policial austríaco foi preso por ter compartilhado uma foto de um "eiernockerl mit grünem Salat" ('bolinhos de ovo com salada verde, em tradução) que seria a comida favorida de AdolfHitler, em suas redes sociais.

Conforme divulgou o site News Week, o morador do estado de Burgenland, na Áustria que não teve o nome informado aos veículos de comunicação, desrespeitou a Lei de Proibição de 1947, chamada Verbotsgesetz em alemão e, por isso, acabou sendo condenado.

Uma atitude criminosa

O policial, que era membro do partido conservador FPÖ (Partido da Liberdade da Áustria), compartilhou a imagem em seu perfil em uma rede social ainda no ano passado, no dia 20 de abril, data de aniversário do líder nazista.

Imagem meramente ilustrativa de policiais - Crédito: Pixabay

 

"Almoço de hoje! Bolinhos de ovo com salada verde!", teria escrito o oficial na publicação, de acordo com informações da a ORF, emissora estatal austríaca. Por causa da data, todos logo notaram que a foto do prato era, na verdade, uma referência ao ditador, de modo que o usuário da rede social foi denunciado.

Ainda de acordo com o News Week, um amigo do policial nas redes sociais, também membro do FPÖ, teria realizado o seguinte comentário na publicação: "Blondisumiu", referindo-se a um dos cachorros de Hitler, quem era conhecido por gostar muito de animais.

Assim que o caso veio ao conhecimento do público, o vice-presidente do partido estadual do FPÖ de Burgenland, Alexander Petschnig, declarou que os dois membros iriam se se retirar do partido.

Policial condenado

O oficial foi julgado pelo tribunal de Eisenstadt, capital do estado de Burgenland, no dia 5 de abril deste ano. Ele foi condenado a cumprir 10 meses de prisão e também a pagar uma multa no valor de 6.300 euros, algo em torno de 41 mil reais.

A decisão não é final, mas ainda não está claro se o réu, que, desde o ano passado, segue suspenso de suas funções, tentará recorrer.

Eiernockerl mit grünem Salat, o prato favorito de Hitler - Crédito: Wikimedia Commons

 

O prato favorito do Ditador

A afirmação de que de que o Eiernockerl mit grünem Salat seria a comida favorita de Adolf Hitler foi popularizada por um austríaco negador do Holocausto chamado  Wolfgang Frolich e que, de acordo com a matéria, fazia parte do conselho distrital do FPÖ.

"Por muitos anos eu tenho comido o prato favorito de Adolf Hitler, bolinhos de ovo com salada verde, quase todas as semanas", declarou Frolich em um comunicado realizado no ano 1997. "Eu faço isso porque esta refeição altamente política [...] é uma das minhas favoritas. Se não me falha a memória, comi bolinhos de ovo com salada todos os anos no dia 20 de abril, aniversário de Hitler", finalizou o homem.


+Saiba mais sobre o tema através das obras disponíveis na Amazon

Mein Kampf: A história do Livro, de Antoine Vitkine (2016) - https://amzn.to/2LQB10U

O último dia de Hitler: Minuto a minuto, de Jonathan Mayo - https://amzn.to/2LT9ZWF

A mente de Adolf Hitler: O relatório secreto que investigou a psique do líder da Alemanha nazista, de Walter C. Langer - https://amzn.to/2PEUt1P

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W