Matérias » Brasil

No Dia do Historiador, relembre as melhores entrevistas da AH com importantes profissionais

O dia 19 de agosto marca o aniversário de Joaquim Nabuco e o dia dos profissionais que se dedicam ao estudo crítico do passado

André Nogueira Publicado em 19/08/2019, às 11h00

None
Reprodução

No Brasil, o dia 19 de agosto é dedicado aos profissionais intelectuais e dedicados ao estudo do passado humano a partir da leitura crítica de fontes. A este profissional, se dá o nome de historiador.

A data comemorativa foi criada pelo Decreto de Lei nº 12.130, em 17 de dezembro de 2009. Sem História, não há memória e se torna impossível fazer um diagnóstico do correto do presente, para que possamos pensar como transformá-lo num futuro.

A data foi escolhida tendo como referência o nascimento de Joaquim Nabuco, importante intelectual pernambucano que trabalhou como historiador, sendo um dos mais importantes nomes, ao lado de Varnhagem e Capistrano de Abreu, para a formação da historiografia brasileira no século 19. Fundador da ABL, Nabuco foi um dos maiores nomes do estudo da escravidão no país.

Para celebrar a data, relembre as melhores entrevistas com historiadores feitas pela Aventuras na História. 

1. Historiador debate sobre existência da mulher que foi papa

Crédito: Reprodução

 

Clique aqui para ver a entrevista completa.

2. O Brasil pode virar uma ditadura de novo? Historiadores respondem

Crédito: Reprodução

 

Clique aqui para ver a entrevista completa.

3. Os 15 anos mais importantes da História

Crédito: Reprodução

 

Clique aqui para ver a entrevista completa.

4. Os 10 melhores filmes históricos, segundo historiadores

Crédito: Reprodução

 

Clique aqui para ver a entrevista completa.

5. Os 10 maiores revolucionários de todos os tempos

Crédito: Reprodução

 

Clique aqui para ver a entrevista completa.

6. A Venezuela é uma ditadura? Especialistas respondem

Crédito: Reprodução

 

Clique aqui para ver a entrevista completa.

7. Os 10 nomes mais fundamentais da História do Brasil

Crédito: Reprodução

 

Clique aqui para ver a entrevista completa.