Matérias » Cultura

O incrível acervo digital de Vinicius de Morais: 'É um mapa da criação'

Acervo on-line com mais de 11 mil documentos traz particularidades da vida e do processo de criação de Vinicius de Moraes

Izabel Duva Rapoport Publicado em 06/06/2021, às 11h00

Vinicius de Moraes
Vinicius de Moraes - Arquivo Nacional/ Wikimedia Commons

Um grande trabalhador da palavra. É assim que Marcus Moraes, sobrinho-neto de Vinicius de Moraes (1913-1980), se refere ao tio-avô. “Você vê isso com muita
clareza, como ele fazia e refazia os seus poemas”, diz ele, entre os milhares de manuscritos e datiloscritos deixados ao longo de quase 50 anos pelo poeta carioca, que também era compositor, dramaturgo, jornalista e diplomata.

Para preservar essa memória de qualquer problema físico, incentivar a pesquisa e democratizar o acesso à obra de Vinicius, a VM Cultural, empresa responsável pelos direitos autorais do artista, acaba de lançar o Acervo Digital Vinicius de Moraes, uma plataforma que reúne todo esse material catalogado e digitalizado.

A coordenação fica a cargo de Marcus e de Julia Moraes, neta de Vinicius e idealizadora do projeto. “Do ponto de vista de quem quer entender os processos literário e criativo, o acervo é muito rico. É um mapa da criação. Não são só acertos, ali estão os erros também. Acredito que isso valorize todos os artistas”, avalia Julia.

Os documentos podem ser consultados pelo sistema de busca no site ou baixados gratuitamente em arquivo PDF.