Matérias » Bizarro

O banquete que matou o monarca: A excêntrica morte de Adolf Frederick

O rei da Suécia foi um dos responsáveis pelo aumento dos direitos civis durante o século 18; mas seu reinado ficou conhecido pelo incomum modo como acabou

Isabela Barreiros Publicado em 13/03/2020, às 09h00

Adolf Frederick adorava bolinhos
Adolf Frederick adorava bolinhos - Divulgação

Adolf Frederick governou a Suécia de 1751 até sua morte, em 1771. Parte da Era da Liberdade, o rei foi importante para o crescimento dos direitos civis do povo sueco. Em 1766, o parlamento também aprovou a primeira legislação do mundo que aprova a liberdade de imprensa.

Mesmo com todos os avanços, Frederick ficou conhecido pelo bizarro modo como morreu, terminando, assim, a Era da Liberdade sueca.

No dia 12 de fevereiro de 1771, aconteceu uma preparação para a Quaresma em seu castelo. Durante esse período, alguns cristãos param de comer tipos de alimentos específicos, como carne, ovos e laticínios. Dias antes de isso acontecer, essas pessoas faziam uma grande refeição na qual comiam o que teriam de abandonar durante a estação.

Crédito: Wikimedia Commons

 

O rei, no entanto, exagerou. Seu jantar incluiu lagosta, caviar, peixe defumado, carnes cozidas, chucrute, entre outros alimentos. Foi um verdadeiro banquete, que deveria satisfazer a maioria das pessoas. Ainda assim, ele não estava satisfeito. Frederick comeu, além disso, 14 semlas, um tipo de pão doce sueco parecido com o sonho, acompanhadas por creme de leite.

No mesmo dia, ele morreu de obstrução intestinal ou talvez intoxicação alimentar, não se sabe de fato. Mas o que se afirma é que a imensa refeição gerou inúmeros problemas digestivos que levaram à morte do rei.

Seu falecimento também teve consequências políticas. Depois disso, seu filho Gustav 3 assumiu o trono sueco, mas colocou fim à Era da Liberdade de seu pai, instaurando uma ditadura e limitando a liberdade de imprensa.


Conheça outras histórias insólitas a partir de grandes obras:

Mentes Criminosas:: Os crimes mais infames de nosso século, Editora Curta, (Ebook Kindle), 2017 - https://amzn.to/2MJwVYX

Crime e Castigo, Fiódor Dostoiévski (Autor), Rubens Figueiredo (Tradutor), (Ebook Kindle), 2019 - https://amzn.to/39wZ6Ef

Lady Killers: Assassinas em Série: As mulheres mais letais da história - Em uma edição igualmente matadora, Tori Telfer (Autor), Marcus Santana (Tradutor), Daniel Alves da Cruz (Tradutor), 2019 - https://amzn.to/2QfCQqO

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.