Matérias » Personagem

O catastrófico dia em que Raul Seixas foi preso por ser confundido com um impostor dele mesmo

Durante uma apresentação em São Paulo, Seixas confrontou uma multidão furiosa que acreditava estar sendo enganada

Caio Tortamano Publicado em 23/05/2020, às 16h00

Raul Seixas em reportagem contando sobre agressões que sofreu
Raul Seixas em reportagem contando sobre agressões que sofreu - Divulgação

Na Grande São Paulo, mais especificamente na cidade de Caieiras, em 1982, um show de Raul Seixas prometia alegrar a noite dos fãs do cantor. No entanto, para uma plateia de mais de 300 pessoas, o Maluco Beleza não parecia ser quem dizia ser: os admiradores acreditavam que estavam diante de um impostor.

Imediatamente, pessoas começaram a jogar garrafas e latinhas de cerveja na direção do artista, que confessou muita surpresa em reportagem feita na época pela TV Globo: “Começaram a tacar coisas em mim, e comecei a ficar nervoso. Acho que foi um boato, que não era eu que tava cantando.”.

A situação ficou tão desfavorável ao cantor — que em toda música era vaiado e sofria ameaças de pessoas inconformadas com o “impostor” — que precisou se dirigir até o seu camarim e abandonar a apresentação. 

Prisão

A casa de um inspetor de polícia era próxima ao local que estava ocorrendo a apresentação. De imediato, fãs decidiram ir até a residência para pedir uma ação do policial. Vendo a comoção das pessoas, e movido pela vontade de se afirmar com a população, mandou autoridades prenderem o artista. Em seguida, se dirigiu até a delegacia onde Raul tinha sido levado.

Afirmando conhecer o verdadeiro Seixas, o delegado pediu os documentos do suposto impostor antes de encontrá-lo. Raul não estava levando nenhum comprovante de identidade consigo, e começou a receber agressões a cada resposta que dava.

Assim que o homem viu Seixas já afirmou não era ele, e puxou a barba do “sósia” para ver se era verdadeira. Em uma tentativa de descaracterizar a imagem eternizada do artista, tirou os óculos do rapaz e começou com agressões, deixando marcas em seus braços e no olho.

Raul durante apresentação em Santos para mais de 150 mil pessoas / Crédito: Divulgação

 

O que fazer com um suposto sósia de um cantor famoso? Óbvio, obrigá-lo a cantar para que prove a sua identidade, e foi isso que os policiais fizeram. Além disso, talvez o teste mais esdrúxulo ao que Raul foi submetido certamente foi quando perguntaram onde que Chacrinha tinha nascido — como se fosse uma obrigação específica de Seixas saber de um fato tão específico.

O homem só conseguiu sua liberação depois de insistir muito para que conseguisse uma ligação para sua mulher, Ângela, depois de duas horas sendo maltratado. A esposa se apresentou com os documentos do marido, todos comprovando que, de fato, era Raul Seixas.

Coletiva

Em uma pequena coletiva, Raul e Ângela decidiram esclarecer o caso de uma vez por todas. O cantor revelou que os próprios promotores do show em Caieiras influenciaram o público para que não achassem que ele era o verdadeiro cantor. Supostamente, isso teria sido feito para que não pagassem o cachê de Seixas.

Apesar de não viver o melhor momento na vida pessoal e nem na carreira, abusando das drogas e o álcool, a emissão de um cheque sem fundos para o pagamento do show fortaleciam a versão da vítima. Os organizadores e o prefeito da cidade foram processados por danos causados ao cantor.


+ Saiba mais sobre Raul Seixas através das obras abaixo disponíveis na Amazon:

Raul Seixas: Não diga que a canção está perdida, de Medeiros Jotabê (2019) - https://amzn.to/3bVK5vE

Raul Seixas: Por Trás Das Canções + Pôster, de Carlos Minuano (2019) - https://amzn.to/2XpAt7j

O Raul que me contaram: A história do Maluco Beleza revisitada por um programa de TV, de Tiago Bittencourt (2017) - https://amzn.to/3ghwK43

A Krig-Há, Bandolo! Cuidadoi Vem Raul Seixas, de Rosana da Câmara Teixeira (2008) - https://amzn.to/2LSJ3WI

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W