Matérias » Brasil

"Eu não faço milagres. Inri Cristo muito menos": o conturbado debate entre Inri Cristo e Padre Quevedo

Em 2003, em um de seus encontros mais cômicos, o religioso e o autoproclamado reencarnação de Jesus Cristo protagonizaram um dos episódios mais comentados da TV brasileira

Daniela Bazi Publicado em 16/10/2020, às 13h30

Padre Quevedo e Inri Cristo no Programa do Ratinho
Padre Quevedo e Inri Cristo no Programa do Ratinho - Divulgação/Youtube

No ano de 2003, acontecia um dos encontros mais clássicos da televisão brasileira. Padre Quevedo e Inri Cristo iam ao Programa do Ratinho, no SBT, para um cômico debate sobre religião.

Quevedo e Inri Cristo

Oscar Gonzáles Quevedo Bruzan, ou simplesmente Padre Quevedo, nem sempre foi religioso. Durante sua infância e adolescência, Oscar frequentava a igreja católica, e tornou-se espírita em uma parte de sua juventude. Entretanto, entre seus 26 e 27 anos, declarou-se ateu e acabou se afastando de qualquer tipo de religião. 

Contudo, logo acabou voltando para o cristianismo e se tornou sacerdote jesuíta, que o deixou com a fama de padre pelo resto de sua vida. Seu amplo estudo sobre diversos tipos de religião e ateísmo o permitiu ter um embasamento teórico maior do que a maioria das pessoas no qual debatia. 

Padre Quevedo e Inri Cristo / Crédito: Divulgação/Youtube

 

Álvaro, o Inri Cristo, era um astrólogo brasileiro que se autoproclamou a reencarnação de Jesus Cristo. Ele ficou famoso devido a suas inúmeras aparições em programas televisivos, nos quais se apresentava como Cristo e estava sempre junto de suas seguidoras. Inri se tornou piada entre o público por suas cômicas apresentações.

O encontro

Um dos icônicos encontros entre as duas figuras aconteceu no Programa do Ratinho, no SBT, no ano de 2003. Nele, ambos discutiam sobre religião quando Padre Quevedo desafiou Inri a dobrar seu dedo indicador por dez mil dólares. 

Inri, por sua vez, respondeu "Ratinho, eu não vou mexer no dedo dele porque é um dedo imundo. Sei onde ele anda metendo esse dedo e por esse motivo não vou mexer no dedo dele". Sua declaração causou gargalhadas em todos presentes na gravação do programa. Como resposta, Quevedo se direcionou à plateia: "Vocês imaginam Jesus Cristo dizendo essa grosseria?".

Padre Quevedo e Inri Cristo no programa Superpop, da RedeTV / Créditos: Reprodução/Youtube

 

Ambos se reencontrariam no programa Tribuna na TV para outro debate, que contou com a participação de uma repórter do lado de fora do estúdio, onde entrevistou um homem de bicicleta que afirmou ser o próprio Papai Noel. Neste programa, o padre afirmou "Eu não faço milagres. Inri Cristo muito menos".

Com o passar dos anos, ambos acabaram se afastando da televisão. Em seus últimos anos de vida, Padre Quevedo se lamentava frequentemente por não comparecer mais aos programas. "Lamento muito ter sido afastado da mídia. Pessoas começaram a dizer que eu insultava outras religiões, mas a verdade é que não encontravam formas de me contestar e isso incomodava. No final, já não me deixavam falar", desabafou. Oscar Quevedo morreu no dia 9 de janeiro de 2019, aos 88 anos de idade.


+Saiba mais sobre a televisão brasileira com as obras abaixo:

Biografia da televisão brasileira, Flávio Ricco e José Armando Vannucci (2017) - https://amzn.to/2ZJGxrQ

História da televisão brasileira: Uma visão econômica, social e política, Sérgio Mattos (2010) - https://amzn.to/36lSOFp

Gêneros e formatos na televisão brasileira, José Carlos Aronchi de Souza (2015) - https://amzn.to/2ZKCuLX

Dicionario Da Televisao Brasileira, Castro Thell De (2014) - https://amzn.to/2udpWRE

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/3b6Kk7du