Matérias » Família Real Britânica

O filho mais novo da rainha Elizabeth II tem um truque para evitar brigas entre os filhos em casa

Príncipe Edward e a esposa, Sophie, revelaram como lidam com a tensão em meio à pandemia de Covid-19

Penélope Coelho Publicado em 08/06/2021, às 07h00

Príncipe Edward, Sophie, Louise e James, em 2020
Príncipe Edward, Sophie, Louise e James, em 2020 - Getty Images

Edward Antony Richard Louis é o quarto filho da rainha Elizabeth II com o príncipe Philip, conhecido popularmente como príncipe Edward, o conde de 57 anos, não costuma ter notoriedade na mídia e mantém uma vida mais tranquila.

Foi Edward quem assumiu as funções de seu pai, quando o duque de Edimburgo decidiu se aposentar em decorrência da idade. De acordo com uma reportagem da revista QUEM, será ele quem irá receber o antigo título de Philip, que faleceu em 9 de abril, aos 99 anos de idade, contudo, isso só deve acontecer após a morte da rainha.

Sabe-se que filho mais novo de Elizabeth II tem um dos relacionamentos mais saudáveis da realeza britânica, conhecido por um dos únicos filhos da monarca que não se envolveu em uma relação polêmica.

Casado com Sophie Rhys-Jones, a condessa de Wessex, desde 1999, o casal tem dois filhos: Lady Louise Windsor, de 17 anos, e James Visconde Severn, de 13.

Príncipe Edward e sua esposa, Sophie, em 2015 / Crédito: Getty Images 

 

Recentemente, em uma conferência virtual, o casal falou sobre como contornaram as tensões familiares em meio ao lockdown causado pela pandemia do novo coronavírus. Atualmente, a Inglaterra já vive uma fase de maior flexibilização. Entretanto, o príncipe lembrou a fase inicial da pandemia e surpreendeu ao revelar o 'truque' que usou para evitar conflitos nesse período.

O truque do príncipe 

De acordo com uma reportagem da revista Hello Magazine, publicada nesta segunda-feira, 7, na recente entrevista ao The Telegraph, o conde e a condessa de Wessex falaram abertamente sobre como a quarentena e o distanciamento social afetou sua família no último ano.

Na ocasião, o casal foi questionado sobre como lidavam com as tensões, em um momento em que todos tinham que ficar em casa. O príncipe afirmou que a válvula de escape eram justamente saídas para ambientes abertos, em busca de ar fresco.

A condessa afirma que durante o confinamento, sua pequena família não enfrentou brigas sérias, mas, reiterou que se uma faísca de tensão começasse entre os adolescentes, incentivava os filhos a dar uma volta na grande propriedade em que vivem, localizada em Bagshot Park, na Inglaterra, próxima ao castelo de Windsor.

“Se as coisas estivessem começando por dentro, desde o início do ano, eu diria: 'Certo ... lá fora!' Você volta de novo e o clima é totalmente diferente [...] "Louise saía de bicicleta e James está muito motivado para sair, então, na verdade, nunca foi uma luta.".

Contudo, Sophie foi clara ao dizer que sabe que sua família é privilegiada, já que conta com um enorme espaço verde ao ar livre dentro da propriedade em que moram.

"Certamente houve momentos em que acho que todos nos sentimos um pouco deprimidos. Mas então [...] olhe para o nosso ambiente maravilhoso, nós estamos muita, muita sorte, e tantas outras pessoas não estão nessa situação [...] Se estivéssemos sentados em um apartamento, você sabe, em um prédio de apartamentos [...] Meu coração vai para as pessoas nessa situação”, afirmou.

Edward e Sophie em entrevista recente/ Crédito: Divulgação/ Hello Magazine 

 

Quarentena da rainha 

A proximidade da propriedade dos Wessex’s com o castelo de Windsor foi favorável para Edward, Sophie e os dois filhos do casal, isso porque quando ainda estava vivo, Phlip passou boa parte do confinamento em Windor, na companhia de sua esposa, a rainha. Assim, eles puderam ter contato com o casal, mesmo que de longe.

"Costumávamos vê-los parados na varanda, que ficava a cerca de seis metros de altura [...] Nós os víamos acenando. Gritávamos com eles e eles gritavam de volta para nós. Sempre parecia estar ventando, então mal podíamos ouvir um ao outro”, revelou a condessa.

Na recente entrevista, o filho mais novo de Elizabeth II falou sobre como esse período reverberou na vida de seus pais. De acordo com Edward, para a monarca e seu marido, o lockdown foi “incrivelmente difícil”, já que para eles "a vida é muito sobre o contato”.


+Saiba mais sobre a Família Real Britânica em grandes obras disponíveis na Amazon:

Diana. O Último Amor de Uma Princesa, de Kate Snell (2013) - https://amzn.to/2TgHgPO

The Queen: The Life and Times of Elizabeth II (Edição Inglês), de Catherine Ryan (2018) - https://amzn.to/2RhgNA7

God save the queen - O imaginário da realeza britânica na mídia, de Almeida Vieira e Silva Renato (2015) - https://amzn.to/2xTkiGd

O Amor Da Princesa Diana, de Anna Pasternack (2018) - https://amzn.to/2xOZ8c9

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W