Matérias » Bizarro

O galo que botou ovos e escapou do abate: a saga de Chico

O animal, que ficou famoso nos últimos dias, escapou da desgraça devido a sua rara condição

Giovanna Gomes Publicado em 10/02/2021, às 12h20 - Atualizado às 18h01

Chico já botou pelo menos 12 ovos
Chico já botou pelo menos 12 ovos - Divulgação
=

Chico é um galo especial. Por mais estranho que pareça, ele é capaz de botar ovos, o que recentemente surpreendeu a Pedro da Silva, dono do animal, e toda a internet.

Segundo a UOL, o morador da cidade de Caçador, em Santa Catarina, iria abater a ave em dezembro de 2020, mas desistiu quando, um mês antes, percebeu sua rara condição.

Contudo, a divulgação do caso para todo o Brasil somente veio a ocorrer nesta semana, quando o site RBV Notícias comunicou o ocorrido.

Impressionante descoberta

Conforme declarou Pedro, o animal foi adquirido quando ainda era um pintinho, há cerca de oito meses. De início, quando avistou o primeiro ovo de Chico em um espaço onde havia apenas galos, pensou que tudo não passava de uma brincadeira.

Pedro com seu galo Chico / Crédito: Divulgação

 

Assim, para solucionar o mistério, o homem decidiu instalar câmeras para monitorar o galinheiro durante todo o tempo. E a resposta foi a mais inesperada possível: seu galo realmente era capaz de botar ovos.

Desse modo, diferentemente de outros três companheiros, Chico teve a enorme sorte de escapar do abate, já que seu dono desistiu do ato ao descobrir sua rara condição.

“Eu tenho 64 anos e nunca tinha visto isso na vida”, disse Pedro, ainda surpreso, à RBV Notícias. “Eu já consumi um dos ovos, mas não senti nada de diferente em relação aos ovos das galinhas. Mas não sobram muitos, porque o ele acaba pisando antes de eu recolher.”

Pedro exibe um dos ovos botados por Chico / Crédito: Divulgação

 

Possíveis explicações

Segundo a veterinária Bianca Ximenes, entrevistada pelo portal, há duas explicações possíveis para o fato. "Existe o animal que pode ser hermafrodita, que tem alteração nas glândulas sexuais, tendo tanto ovário quanto testículo", disse ela.

"E a gente também tem outra situação relatada na literatura de animais ginandromorfos bilaterais. São aqueles que têm DNA tanto de fêmea quanto de macho.”

Para a pesquisadora da Embrapa, Mariana Marques, que analisou fotos do galo, a primeira hipótese é a mais provável.

De acordo com o Canal Rural, a profissional informou que apenas 5 a cada 10 mil aves de produção podem apresentar a condição, o que significa 0,05% dos animais. Mas o ginandromorfismo é ainda mais raro: somente 1 a cada 1 milhão ou uma incidência de 0,001%.

Chico virou sensação na mídia / Crédito: Divulgação

 

Para Marques, esta não deve ser a resposta, já que, para tal, o animal deveria ter uma aparência mista, apresentando características secundárias tanto de macho quanto de fêmea, o que não é o caso.

Agora, algo ainda mais bizarro nessa história que muitos podem ainda não ter pensado é que existe a possibilidade de Chico acasalar no futuro e gerar descendentes também capazes de botar ovos.


+Saiba mais sobre animais por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

Titanoboa: Journey To The Amazon, de P.K. Hawkins (2017) - https://amzn.to/2BUDvcK

A expressão das emoções no homem e nos animais, de Charles Darwin (2009) - https://amzn.to/2HC1Ljl

O terceiro chimpanzé: A evolução e o futuro do ser humano, de Jared Diamond e Cristina Cavalcanti (2011) - https://amzn.to/39SNoEB

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W