Matérias » Estados Unidos

O homem que encontrou uma fortuna milionária num balcão adquirido por 500 dólares

Após comprar uma cabine de armazenamento, o homem não acreditou que a quantia havia sido esquecida no local abandonado

Wallacy Ferrari Publicado em 23/05/2020, às 09h00

A quantia encontrada
A quantia encontrada - Divulgação

Existem pessoas azaradas, muito azaradas e Dan Dotson, um americano que trabalha há mais de quatro décadas com leilões e hipotecas, principalmente em armazenamentos. Durante anos, Dan teve diversos prejuízos de tempo e dinheiro arrematando armários de armazenamento que pareciam promissores.

Buscando itens raros para revenda, muitas vezes só encontrou cofres vazios, itens caseiros de baixo custo e, em raríssimas vezes, itens que cobriam os custos dos arremates inúteis. Com a prática, o homem passou a revender os armários que adquiria, muitas vezes com aluguéis atrasados ou sem reivindicações, antes mesmo de analisar o espaço.

Conhecido na comunidade estadunidense de leiloeiros, o americano chegou a ser convidado para participar do reality ‘Storage Wars’, onde autorizou uma equipe a acompanhar suas viagens pelo país. O que o homem não esperava é que, em 2017, o homem deixaria passar a oportunidade de sua vida.

Um cliente, que não foi identificado publicamente, fez contato com Dotson após comprar os itens de um galpão de armazenamento administrado pelo leiloeiro por US$ 500 (cerca de RS 2 mil na época). Porém, após revirar os itens, o comprador notou que um cofre não havia sido aberto. Espectador de Dan, o homem seguiu os conselhos que viu no reality e decidiu conferir se o cofre tinha alguma coisa de valor.

Na maioria das vezes vazio, o rapaz foi surpreendido com a quantia de US$ 7,5 milhões de dólares (cerca de R$ 28 milhões na época) dentro de uma bolsa de natação. Em diversos bolos de cédulas, o dinheiro não tinha manchas de tinta ou problema com o código das notas. Assim que se certificou que não se tratava de impressões falsas, notificou o leiloeiro e agradeceu o bom negócio.

Fotografia enviada pelo comprador a Dan / Crédito: Divulgação / Twitter

 

Dan, por sua vez, gravou um vídeo em suas redes sociais afirmando que quase teve um ataque cardíaco quando soube da quantia perdida, mas que também não pôde examinar o cofre sem realizar um leilão mediado por alguma autoridade fiscal: “Dentro do galpão, os itens devem estar seguros, o dono pagou por essa garantia”.

A contraproposta

Com a descoberta se tornando pública pelo leiloeiro, os proprietários originais do galpão entraram em contato com o comprador sortudo buscando reaver a quantia. A justificativa seria que o valor reunia todas as economias da família ao longo de anos e, acreditando foram roubados, esqueceram completamente do galpão, cessando os pagamentos.

Os antigos donos ofereceram inicialmente U$ 600 mil dólares em troca dos outros US$ 6,9 milhões. Sem sucesso, dobraram a proposta, oferecendo US$ 1,2 milhão. O homem aceitou, devolvendo US$ 6,3 milhões para a família original. Pode parecer um péssimo negócio, visto que o homem tinha comprovação fiscal de que o dinheiro pertencia a ele, mas preferiu desapegar, afinal, com apenas US$ 500, o homem conseguiu se tornar milionário.


+Saiba mais sobre finanças em grandes obras disponíveis na Amazon:

Do mil ao milhão: Sem cortar o cafezinho, por Thiago Nigro (2018) - https://amzn.to/2WYkwGd

Pai Rico, Pai Pobre: O que os ricos ensinam a seus filhos sobre dinheiro, por Robert T. Kiyosaki (2018) - https://amzn.to/3c1O0Hv

A Ciência de Ficar Rico, por Wallace D. Wattles (2018) - https://amzn.to/3e4gqBQ

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W