Matérias » Curiosidade

O insólito caso da casa que desapareceu

Neville Presho precisou esperar 15 anos para conseguir um desfecho para a inusitada situação de sua residência que deixou de existir

Ingredi Brunato, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 11/07/2021, às 09h00

Fotografia onde é possível ver a casa de Neville (construção branca à direita), antes de seu desaparecimento
Fotografia onde é possível ver a casa de Neville (construção branca à direita), antes de seu desaparecimento - Divulgação / Neville Presho / Arquivo Pessoal

Em 1994, o cineasta e engenheiro civil Neville Presho se deparou com um mistério que levaria 15 anos para chegar a uma conclusão. Ele estava fazendo uma visita à Ilha de Tory, na Irlanda, onde possuía uma casa de veraneio com vista para o mar. 

Para seu imenso choque, ele descobriu que sua residência havia desaparecido sem deixar vestígios. O motivo pelo qual Neville havia ido para a ilha depois de oito anos, inclusive, tinha sido uma carta avisando que a casa fora danificada por uma tempestade - porém, há uma grande diferença entre uma construção danificada e uma inexistente. 

O podcast documental “The House that Vanished” (ou, em tradução livre, “A casa que desapareceu”), produzido em 2021 pela BBC, relembrou o caso em detalhes. 

Ninguém sabe, ninguém viu 

Naturalmente, depois de constatar o bizarro acontecimento, o engenheiro passou a conversar com os moradores da região, tentando encontrar alguma informação que respondesse ao enigma. De acordo com a BBC, todavia, o que ele ouviu não ajudou muito. 

Fotografia da Ilha de Tory / Crédito: Wikimedia Commons/ Julianne Forde 

 

"As pessoas estavam dizendo a ele que um redemoinho o pegou. Alguém disse que era melhor não perguntar, e outra pessoa falou sobre um brilho estranho no céu. Ele disse que a certa altura as pessoas não acreditaram nele - um psiquiatra pensou que ele tinha imaginado tudo isso”, relatou o podcast noticioso. 

O episódio chegou até mesmo a ocasionar problemas de saúde mental, tendo um impacto desolador na vida pessoal de Presho

Ainda assim, ele não desistiu de buscar respostas, falando com a polícia, com um engenheiro que pudesse avaliar o que teria ocorrido no local onde antes havia sua residência e indo atrás de advogados para levar o caso a um tribunal.

Infelizmente, durante muito tempo seus esforços foram em vão - o máximo que Neville conseguiu foi ouvir um rumor de que sua casa fora consumida por um incêndio criminoso, porém não havia nenhuma evidência para comprovar essa hipótese, ainda segundo a BBC Internacional. 

Justiça

Fotografia meramente ilustrativa de processos judiciais / Crédito: Divulgação/ Pixabay / @qimono

 

De acordo com o site PressReader, a sorte do cineasta apenas mudou depois que conheceu o jornalista Anton McCabe, em 2003, que tinha o contato de um advogado que concordou em representar Presho. 

Após o início do julgamento do processo, uma matéria do jornal “Irish Daily Star” impulsionou o caso ao lhe conferir visbilidade. O acusado era o hoteleiro Patrick Doohan, que aumentou o estacionamento de seu hotel usando a propriedade onde antes estava a residência de Neville

Embora realmente não houvesse provas concretas que o conectassem à destruição da casa, o juiz decidiu que ele provavelmente possuía envolvimento com o incidente, uma vez que foi beneficiado de forma suspeita pelo resultado. 

Assim, em 2009, Presho foi indenizado com 46 mil euros pela invasão e interferência em sua propriedade. “Dez vezes essa quantia de dinheiro não teria compensado ele ou sua família. Ele sofreu ataques de doença mental e seu casamento acabou”, concluiu o podcast da BBC sombriamente.


Saiba mais sobre temas curiosos por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

1. Guinness World Records 2020, de Guinness World Records 2020 (2019) - https://amzn.to/2BsnJW3

2. Guinness World Records 2020 (Edição Inglês), de Guinness World Records 2020 (2019) - https://amzn.to/3eJEtX7

3. Guinness World Records, de Vário Autores (2016) - https://amzn.to/2BuEVKJ

4. Guinness World Records 2019, de Vário Autores (2018) - https://amzn.to/2UjI0DZ

5. Guinness World Records 2021, de Vários Autores (2020), Pré-Venda: https://amzn.to/2DqtUeE

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W