Matérias » Brasil

9 anos depois: O que aconteceu com a grávida de Taubaté?

Maria Verônica Aparecida tentou enganar o Brasil, no entanto, a farsa durou pouco

Ingredi Brunato, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 05/09/2021, às 09h00

Grávida de Taubaté em 2012
Grávida de Taubaté em 2012 - Divulgação / RecordTV

Em 2012, um caso curioso caiu na boca do povo brasileiro. Era a história da pedagoga Maria Verônica Aparecida César Santos, que ganhou o apelido de "Grávida de Taubaté". Primeiro, ela se tornou uma sensação entre os jornais locais, e então chegou à rede nacional de televisão através do canal da Record. 

A mulher, que tinha um barrigão ainda maior do que os que estamos acostumados a ver em grávidas, afirmou estar carregando quadrigêmeas em seu ventre. As meninas já tinham inclusive nome definido: Eram Maria Klara, Maria Eduarda, Maria Fernanda e Maria Vitória

Isso, porém, não poderia estar mais longe da verdade — a moradora do município paulista não tinha nem mesmo um só bebê no útero, quem dirá quatro. Se tratava de um fingimento que enganou todo o Brasil.

A suposta mãe de primeira viagem chegou a receber uma boa quantidade de doações de artigos para nenéns, como fraldas, brinquedos, enxovais e até mesmo móveis.

O dinheiro para financiar os itens foi arrecadado pelos jornais que relataram o caso de Maria Verônica, com a ajuda de patrocinadores. 

Revelação

A mentira, todavia, não durou por muito tempo. Em uma questão de dias, a história contada pela moradora de Taubaté começou a desmoronar. Quem descobriu e desmascarou a farsa da mulher foi a jornalista Chris Flores, que na época trabalhava no programa "Hoje em dia", da Record. 

Grávida de Taubaté e marido em 2012 / Crédito: Divulgação/ TV Record

 

Em entrevista ao programa de entrevistas conhecido como The Noite, que é apresentado pelo Danilo Gentili, a profissional explicou que suas suspeitas surgiram em relação à suposta gravidez quando percebeu que Verônica não tinha dificuldade de locomoção, por exemplo, a despeito do tamanho descomunal de sua barriga, e também nunca era vista com roupas que não fossem vestidos. 

Flores decidiu então confrontar a pedagoga. Ela chamou a mulher e seu marido para conversarem em particular, e apontou que grávidas costumavam ter o rosto, as mãos e os pés inchados, algo que ela não via na moradora de Taubaté. 

Foi então que a jornalista chegou ao cerne da questão:

"Eu conversei e joguei a real com ela: 'Eu acho que você não está grávida, eu preciso ver a sua barriga para saber que você está grávida'. Ela começou a chorar. Estava com filho do lado, começou a gritar, a me humilhar”, relatou.

A apresentadora chegou a pedir para que a outra mostrasse sua barriga, mas Maria Verônica recusou-se dizendo que possuía muitas estrias na pele, que estava "horrorosa".

Chris, por sua vez, não comprou essa história, e contou a Gentili que chegou a pensar em encontrar algum objeto pontiagudo para furar o que imaginava ser o enchimento acoplado ao corpo da pedagoga. Porém, por via das dúvidas, evitou essa estratégia, e decidiu continuar investigando o caso de outra forma. 

Grávida de Taubaté e Chris Flores / Crédito: Divulgação/ TV Record / Wikimedia Commons

 

Fim dramático

A jornalista pediu que um dos repórteres do "Hoje em Dia" passasse a seguir a entrevistada de volta para Taubaté. 

"Eu falei 'vai pra Taubaté e descubra, porque essa mulher não está grávida e eu quero desmascarar ela'. Dito e feito. No mesmo dia, ele foi no médico e descobriu que aquela ultrassonografia não era dela, ela tinha roubado da internet", explicou. 

No fim, a revelação da mentira de Maria Verônica acabou sendo assunto do Domingo Espetacular daquela semana. O programa, que mencionou o ultrassom pego na internet, também contou com a presença do ginecologista e obstetra Wilson Vieira de Souza, que relatou ter tido uma consulta com a pedagoga apenas dois meses antes, e confirmou que ela não estava grávida naquela época. 

Repercussões

Depois de revelada a farsa, a moradora de Taubaté foi processada pelo Ministério Público e obrigada a devolver todas as doações que tinha ganhado devido à sua mentira, de acordo com o Estadão.

Atualmente, pouco se sabe sobre o destino da falsa grávida. Apenas um episódio recente, que acabou em barraco, revelou o atual local em que Verônica vive. 

Em julho de 2021, houve uma tentativa de contato com Verônica por parte da equipe do programa "Vem pra Cá", do SBT, emissora onde Chris Flores trabalha atualmente. A proposta era fazer um reencontro nove anos após o ocorrido. 

O suposto parceiro da mulher, todavia, rejeitou o convite, e chegou a dar um tapa em uma das câmeras, quando procurado por membros da produção. Posteriormente, a jornalista comentou os últimos desdobramentos: 

"Talvez, para ela, já esteja superado, mas o marido pode não ter superado ainda. Devem perguntar como ele não descobriu que a gravidez era falsa, devem acusá-lo de ser cúmplice... Deve ser difícil. A pessoa fica prisioneira da própria mentira", comentou ela.