Matérias » Brasil

O tesouro escondido do casarão abandonado de Sentinela do Sul

A casa, supostamente assombrada, remonta ao final do século 19 e traz consigo inúmeros casos de aparições sobrenaturais que protegeriam uma relíquia enterrada por seus primeiros donos

Caio Tortamano Publicado em 23/04/2020, às 18h00

Casa assombrada em Sentinela do Sul
Casa assombrada em Sentinela do Sul - Divulgação

Quem a observa de longe pode até achar o antigo casarão um belo marco arquitetônico de uma época passada da cidade de Potreiro Grande, no Rio Grande Do Sul. Porém, com uma aproximação atenta pode deixar até a pessoa mais corajosa com medo por conta de seu sinistro interior, completamente vazio.

E se souber das histórias que causam arrepios até hoje nos moradores da cidade no município de Sentinela do Sul, com certeza ficaria mais preocupado ainda. A casa atualmente pertence a um homem de 88 anos, chamado Valmer Cezar Gomes Martins, que nem lembra mais exatamente quantas famílias moraram na residência ao longo de todos estes anos.

Um dos mais recentes moradores é afilhado de Valmer, Silvio Jesus Nascimentos. O homem conta que já passou por algumas situações, minimamente, curiosas enquanto morava no casarão de 25 cômodos. 

“Certa vez” conta Silvio, “Estava dormindo com a minha esposa e vi pelo corredor uma pessoa caminhar de um quarto para o outro. Assim que eu cheguei perto, ela parou, e quando acendi a luz não tinha ninguém ali. As portas estavam todas fechadas.”. O homem, que trabalha como agricultor, contou ainda que não conseguiu dormir depois disso.

Apesar desse fenômeno, a maior parte dos acontecimentos sobrenaturais narrados pelas pessoas acontecem fora da casa. Supostamente, bolas de fogo protegem os locais onde foram enterrados tesouros deixados pelos antigos proprietários da terra.

Ainda falando sobre suas experiências, Silvio Nascimentos conta que, um amigo seu, que também morava na casa, certa vez apontou para um ponto brilhante, afirmando ser uma bola de fogo. Nascimentos descreve o objeto como um pouco maior do que uma estrela, e vinha do local onde tinha uma casa antigamente.

Um outro agricultor da região, Manoel Oliveira, também viu coisas que poderiam indicar a presença desses tesouros (três, de acordo com Jesus), enquanto andava pela propriedade sozinho viu uma espécie de fogaréu, muito parecido com o visto em fornalhas.

Quando chegou em casa, perguntou para sua esposa se ela tinha colocado fogo em alguma coisa, e ela respondeu que não. No dia seguinte, não havia nenhuma marca de queimado.

Essas aparições e a fama do local não são novidade, uma vez que, durante os anos 70, já eram feitas buscas por ouro e prata escondidos perto do imponente — e assustador — casarão. Nesta oportunidade, um detector de metais foi utilizado, e um ritual tentou entrar em contato com um espírito que pudesse revelar a localização do tesouro.

Silvio explica que foi uma sessão espírita, que tinha dito para eles não mexerem no tesouro. De tempos em tempos, sinais de escavações são notados na propriedade do idoso, mas que nunca acham qualquer coisa de valor.

Uma religiosa foi levada por um canal de televisão para tentar contactar algum morto que pudesse dar detalhes do tesouro e do local, ela conseguiu supostamente ouvir um homem que queria sair da casa.

A médium afirmou que também tinha um espírito possessivo na residência, que não queria abrir mão das riquezas escondidas na casa, e que teria se matado em vida. A história é condizente com a de um dos filhos do primeiro proprietário, que morreu depois de ter se enforcado.

Viviane Thomaz, a médium chamada pela emissora de televisão, afirmou que terrenos e construções antigas como a casa (que data do final do século 19) contam e guardam histórias que ficam enraizadas nas pessoas que lá viveram, e muitas outras vezes é tesouros são deixados também.

Thomaz completa, ainda, falando que grande parte destes tesouros tem maior valor sentimental do que propriamente financeiro, e muitas vezes são enterrados pelas próprias pessoas. Sobre sua experiência pessoal, a médium conta: "Na grande maioria, trata-se realmente de relíquias pessoais. Não vi tesouro de riquezas guardado dentro dessas terras".

Se depender de Valmer, o mistério permanecerá do jeito que se encontra atualmente, "Esse segredo, de onde está dentro da casa, eu não posso revelar para vocês. Não deram para mim, por isso não procurei", explicou o proprietário.


+Saiba mais sobre histórias sobrenaturais por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

Invocadores do Mal, de Cheryl A. Wicks, de Ed e Lorraine Warren (2016) - https://amzn.to/2XhZ67l

Amityville, de Jan Anson (2016) - https://amzn.to/2Xpm64a

A Maldição da Casa Winchester (Filme-2018) - https://amzn.to/3e3FY32

Exorcismo: A história real que inspirou o clássico o exorcista, de Thomas B. Allen (2016) - https://amzn.to/39Sfazk

1977 - Enfield: Real e sobrenatural, de Guy Lyon Playfair (2017) - https://amzn.to/2V8MTPO

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W