Matérias » Estados Unidos

O youtuber que resolveu um mistério de duas décadas

Durante um de seus mergulhos, o criador de conteúdo localizou um curioso veículo de 1998 no fundo de um lago

Wallacy Ferrari Publicado em 16/01/2022, às 21h00

Carro sendo retirado de lago
Carro sendo retirado de lago - Divulgação / YouTube / Exploring With Nug

Em uma investigação paralela, iniciada 21 anos depois, um youtuber descobriu o paradeiro de dois adolescentes do estado do Tennessee, nos Estados Unidos, que estavam desaparecidos desde que saíram juntos no ano de 2000. Suas famílias, até então sem informações sobre o caso, foram surpreendidas com o desfecho do civil.

Trabalhando como mergulhador, Jeremy Beau Sides já havia encontrado alguns itens em lagos e rios norte-americanos, localizando itens impressionantes durante sua trajetória na profissão. Sabendo disso, ele criou um canal no Youtube para mostrar as descobertas e, enfim, tentar relacioná-las historicamente com algum evento do cotidiano.

Nesse contexto, ele localizou um Pontiac Grand Dam, carro fabricado em 1998. Completamente deformado com a ação do tempo e enferrujado pela água, suas características externas não facilitavam a descoberta de sua origem, mas Jeremy fez questão de ir a fundo e entender o que fez o veículo parar no fundo da passagem.

Pistas do caso

Gravando toda a trajetória pelo canal "Exploring With Nug", ele iniciou a investigação pelo modelo, consultando as forças locais se houve algum tipo de registro problemático envolvendo um carro do mesmo tipo nos últimos anos. Com tal característica, um caso de desaparecimento apresentou compatibilidade.

A jovem Erin Foster, de 18 anos, e o rapaz Jeremy Bechtel, de 17, haviam sido vistos pela última vez em um carro familiar com as mesmas características do Pontiac, em 3 de abril de 2000, como informou a emissora norte-americano NBC News. A última parada pública seria na casa da garota, sem nenhuma pista posterior.

Em novo mergulho filmado, ele limpou as algas do carro para constatar a placa e verificou a parte interna, encontrando restos mortais. Com a passagem, entrou em contato com o Steve Page, chefe do Gabinete do Xerife do Condado de White.

Erin Foster, 18, e Jeremy Bechtel, 17, em fotografias / Crédito: Divulgação / YouTube / Exploring With Nug

Conclusão do mistério

Após constatação da relação entre a descoberta e o caso, a patrulha local foi imediatamente para a área realizar as buscas de vestígios sobre o achado. Em comunicado à imprensa reproduzido pela revista Marie Claire, o xerife Page afirmou que, ao longo das buscas, "sentiu como se estivesse procurando na área errada".

Contudo, ao localizar o carro, deslocou a administração local para retirá-lo com um guincho, o conduzido para o solo e, por fim, constatou a relação com o caso. Por fim, a família de ambos os jovens tiveram a confirmação de suas mortes após a análise dos cadáveres presentes no veículo.

No vídeo, o mergulhador se orgulha da descoberta: “Estou tão feliz por tê-los encontrado. Estou tão triste que foi onde eles foram parar. Não posso acreditar que já se passaram mais de 20 anos esperando que alguém os encontrasse. [...] É uma mistura estranha de emoções, não consigo nem explicar. Mas isso não é sobre mim, é sobre levá-los para casa e vamos fazer isso hoje".

Confira o vídeo de Jeremy Beau Sides completo em inglês clicando aqui!