Matérias » Hollywood

Óbito abafado nos bastidores de Hollywood: a série que matou Ken Steadman

Steadman teve sua carreira interrompida após um trágico acidente no set de filmagens

Paola Churchill Publicado em 22/04/2020, às 18h15

Ken Steadman no set de Sliders
Ken Steadman no set de Sliders - Divulgação

Em setembro de 1996, Ken Steadman viu todos seus esforços para ter uma carreira de sucesso em Hollywood se tornarem realidades. Ele já havia feito diversos filmes, além de papéis de destaque em aclamadas séries de televisão, como NYPD Blue, Baywatch e Babylon 5.

Seu último papel era como protagonista da série Sliders. Ken e sua família estavam orgulhosos de ver o seu talento ser finalmente reconhecido. No entanto, um trágico acidente iria arruinar sua carreira.

Era o terceiro dia de filmagens e tanto a equipe, como o elenco, estavam preparados para mais uma tarde de gravações. Ken estava em um buggy no deserto de Victorville, na Califórnia, e durante uma das cenas, o veículo capotou. Como consequência, foi esmagado e morreu o instantaneamente.

Os pais ficaram sabendo pouco depois do terrível acidente, e perderam o rumo. Mas mal sabiam eles que era apenas o começo de um grande pesadelo para a família Steadman, que decidiu por contra própria investigar o que havia acontecido.

Escândalo

As investigações da morte do promissor ator foram logo anuladas e esquecidas. Isso porque o estúdio que produzia a série, Universal/MCA Television, não queria o nome da companhia envolvido em um escândalo trágico.

Mas, para Lisa Price e Ken Steadman, a morte do filho não seria em vão; eles começaram a procurar evidências do ocorrido e entraram em contato com agências e organizações, mas não obtiveram nenhuma resposta, na verdade, eram ignorados pela maioria.

Quando questionavam algo, as pessoas do outro lado não respondiam ou simplesmente ficavam na defensiva. Era um cenário desesperador para dois pais que só queriam que a companhia assumisse a responsabilidade por um episódio tão triste. No entanto, nada foi feito.

Em busca do não silenciamento, os dois criaram um site revelando toda a história e o descaso que o filho e eles sofreram na mão do poderoso estúdio de Hollywood. “Talvez os responsáveis ​​por investigar violações de segurança pela indústria cinematográfica façam seu trabalho em vez de perder tempo. Espero que a história de Ken faça a diferença. Sabíamos que tínhamos que tentar, por nós e por Ken, que perdeu a vida ao ir atrás de seu sonho” relatam.

Após anos procurando respostas, eles chegaram a uma única explicação possível: muitos erros foram cometidos no set de filmagem e houve descaso da parte de várias pessoas que não fizeram seu trabalho de maneira correta.

Todavia, os órgãos que investigaram o caso tinham ligações com a indústria de filmes e televisão, e logo foi afirmado que no laudo era suficiente para esclarecer a morte do artista. Ao mesmo tempo, foi afirmado que todos fizeram um excelente serviço, apesar do ator principal da série ter sido morto no set de filmagens.


++Saiba mais sobre Hollywood através de grandes obras disponíveis na Amazon

Hollywood: 131, de Charles Bukowski (1998) - https://amzn.to/2UXDWKe

Cenas de uma revolução: o nascimento da nova Hollywood, de Mark Harris (2011) - https://amzn.to/3c6gqAr

O pacto entre Hollywood e o nazismo: Como o cinema americano colaborou com a Alemanha de Hitler, de Ben Urwand (2019) - https://amzn.to/2ViwOqO

Hollywood Babylon: The Legendary Underground Classic of Hollywood's Darkest and Best Kept Secrets (Edição Inglês), de Kenneth Anger (1981) - https://amzn.to/2RurMWU

O livro do cinema, de Vários autores (2017) - https://amzn.to/2VeOS52

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W