Matérias » Personagem

'Olha ele, olha ele!': Por onde anda Edgar Vivar, o Nhonho de Chaves

Icônico ator do famoso programa humorístico, Vivar enfrentou problemas de saúde e se tornou um dos atores mais famosos do seriado

Fabio Previdelli Publicado em 29/10/2020, às 17h25

Edgar Vivar, o Nhonho de Chaves
Edgar Vivar, o Nhonho de Chaves - Divulgação/ Televisa/SBT

No dia 24 de agosto de 1984, o programa TV Powww, do SBT, exibia o primeiro episódio de Chaves na televisão brasileira. A série idealizada por Roberto Gómez Bolaños, conhecido como Chespirito, havia estreado em 1973 no México, obtendo altos índices de audiência no país.

Além da TV Powww, Chaves também foi exibido no programa do Bozo antes de ganhar um horário próprio na grade da emissora. Desde então, o seriado estrelado por Bolaños, Carlos Villagrán, Ramón Valdés, Florinda Meza, María Antonieta de las Nieves, Edgar Vivar, Rubén Aguirre, Angelines Fernández, Horacio Gómez e Raúl Padilla se tornou uma verdadeira febre, fazendo com que seus bordões sejam lembrados até hoje.  

Elenco de Chaves / Crédito: Divulgação/ Televisa/ SBT

 

Entre os atores da série, o que mais tem mais identificação com o Brasil é Edgard Vivar, que deu vida aos icônicos personagens Seu Barriga e Nhonho. O ator já esteve por aqui em mais de 20 ocasiões, sendo aclamado por fãs em cada uma de suas aparições.  

Mas o sucesso de Edgar na televisão passou perto de não acontecer, tudo porque ele tinha planos completamente diferentes em sua vida. E a pergunta que fica é: Por onde anda o eterno Nhonho? 

A vida pré-fama de Vivar 

Edgar Ángel Vivar Villanueva nasceu em 28 de dezembro de 1948, na Cidade do México. No fim dos anos 1960, se formou em medicina pela National Autonomous University of Mexico. Nessa época, Vivar chegou a se dedicar por dois anos no atendimento de pacientes. 

Porém, paralelamente a sua profissão, ele começou a desenvolver um gosto especial pelas artes e passa a estudar no Centro Universitario de Teatro (CUT), na escola de teatro da Universidad Nacional Autónoma de México. 

Edgar Vivar na pele de Sr. Barriga / Crédito: Divulgação/ Televisa/ SBT

 

Com o tempo, passou a conciliar suas duas profissões. Mas a grande mudança em sua vida se deu depois de ele gravar um comercial de geladeiras. Apesar de ser uma de suas primeiras experiências, Roberto Gómez Bolaños viu a propaganda e enxergou certo potencial em Edgar.  

Assim, o convidou para participar de seus programas cômicos. Sem pestanejar, ele aceitou o convite e larga a medicina para se dedicar a atuação. Nos programas de Bolanõs, Vivar da vida aos amados Seu Barriga e Nhonho, no programa do Chaves; e ao Pança Louca e Botijão, em Chapolin Colorado.  

“Fui médico durante dois anos e trabalhava com o Chespirito ao mesmo tempo, mas quando o programa começou a fazer sucesso e passou a ocupar muito tempo da minha vida, tive que escolher. Honestamente, preferi ser um ator em tempo integral do que um médico em meio período, ainda mais porque a medicina havia me decepcionado um pouco”, explicou em entrevista ao UOL em 2011. 

Na década de 1980, criou seu próprio circo, onde se apresentava com personagens. Apesar das inúmeras brigas que permearam o elenco, Vivar foi um dos pouco atores que permaneceu junto a Roberto Bolanõs até o fim do Programa do Chespirito, em 1995. Com o fim das gravações, ele seguiu em carreira solo, se apresentando em teatros, filmes e telenovelas. Além de se dedicar com seus shows de seu circo, que fechou em 2002.  

Chaves (Roberto Bolanõs) ao lado de Nhonho (Edgar Vivar) / Crédito: Divulgação/ Twitter/ Edgar Vivar

 

Ainda na entrevista de 2011, ele refletiu sobre seu sucesso, e ainda disse se espantar: “Acho que eu sou quem mais se surpreende com isso. Mas, por outro lado, é a consequência de uma soma de talentos de todos os tipos: criatividade, técnica e interpretação. Circunstancialmente, tudo isso se uniu em uma época na qual a televisão não tinha tanta excelência, e quando o mundo também era outro. Acho também que o que mantém o seriado atual é que as situações e os personagens transmitem nos telespectadores algumas semelhanças. O Senhor Barriga e o Nhonho representam uma parte muito importante da minha vida. Através deles eu pude me realizar como ser humano, viajar e conhecer pessoas”. 

Vida pós-Chaves e problemas de saúde 

Em 2006, atuou no filme Bandidas, onde viveu um gerente que tem seu banco assaltado pelas protagonistas vividas por Salma Hayek Penélope Cruz. No ano seguinte, interpretou um cientista paranormal no filme O Orfanato.  

No ano de 2008, Vivar encarou sérios problemas de saúde, causados por seu sobrepeso. Para evitar maiores complicações, o ator passou por uma cirurgia para implantar um marcapasso gástrico. Por trás das telas, deu voz a grandes personagens, sendo dublador de filmes como Ratatouille e Meu Malvado Favorito 2.  

Edgar Vivar atualmente / Crédito: Divulgação/ Twitter/ Edgar Vivar

 

Recentemente, anunciou que está escrevendo um livro de memórias, mas garantiu que a obra só será publicada depois que ele morrer. E hoje, 29, segundo informou o UOL, Edgar Vivar será uma das atrações da Comic Com Experience Worlds, evento que acontecerá virtualmente de 4 a 6 de dezembro.


+ Saiba mais sobre o tema através de grandes obras disponíveis na Amazon:

Chaves: A história oficial ilustrada, do Editorial Televisiva (2020) - https://amzn.to/39S3KMj

El Diario de El Chavo del Ocho, de Roberto Bolaños (2008) - https://amzn.to/38Pq9JY

Chaves e as estórias que ninguém contou: Uma biografia não autorizada, de Fernando Silva (2015) - https://amzn.to/2T5ETxM

+ Saiba mais sobre a obra de Bolaños pelos livros abaixo:

Chaves: A história oficial ilustrada, do Editorial Televisiva (2020) - https://amzn.to/39S3KMj

El Diario de El Chavo del Ocho, de Roberto Bolaños (2008) - https://amzn.to/38Pq9JY

Chaves e as estórias que ninguém contou: Uma biografia não autorizada, de Fernando Silva (2015) - https://amzn.to/2T5ETxM

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W