Matérias » Reino Unido

Os 10 itens que não ficam de fora da bolsa de Elizabeth II, segundo jornal

A inseparável bolsa preta modelo Traviata foi feita sob medida para carregar os principais objetos pessoais da rainha inglesa

Wallacy Ferrari Publicado em 20/08/2020, às 09h12

Elizabeth II cumprimenta Michelle Obama, então primeira-dama dos EUA
Elizabeth II cumprimenta Michelle Obama, então primeira-dama dos EUA - Wikimedia Commons

Principal responsável pela modernização da Família Real Britânica, a rainha Elizabeth II se tornou um símbolo de elegância e simplicidade, sem abrir mão das roupas em cores monocromáticas e de sua inseparável bolsa preta modelo Traviata — produzida sob medida pela loja Launer.

Os itens que carrega na bolsa, no entanto, despertam não só a curiosidade de seus admiradores, como já movimentou pesquisadores e historiadores para avaliar o comportamento da rainha pelos objetos que a mesma carrega. Em junho, o tabloide The Mirror foi capaz de reunir informações sobre os objetos presentes da bolsa da rainha.

Confira os 10 itens que não ficam de fora da bolsa de Elizabeth II:


1. Gancho portátil

De maneira que não fique com a bolsa pendurada no braço pela maioria do tempo, a rainha sempre carrega um gancho portátil, que é instalado em mesas ou paredes onde a bolsa será pendurada por uma ventosa ou suporte de pressão. Dessa maneira, consegue ter os braços livres para jantares sem perder o acesso aos itens do acessório.


2. Balas de hortelã

O doce símbolo das senhorinhas não poderia ficar de fora da bolsa da mais famosa senhora do mundo; a rainha Elizabeth II carrega sempre algumas balas de hortelã, de maneira que as consome em eventos longos, nos quais a higiene bucal não pode ser realizada apropriadamente. A monarca também as presenteia para os netos.


3. Óculos de leitura

Elizabeth II usa óculos durante brinde com George Bush, em 2007 / Crédito: Wikimedia Commons

 

Seria injusto cobrar uma visão perfeita de uma pessoa que viu a história recente ser escrita; a monarca possui óculos de leitura, que descansam a visão e evita que os olhos se forcem para leituras, assinaturas e outras orientações escritas. Apesar dos 94 anos de vida, suas lentes não possuem um grau alto.


4. Caneta-tinteiro

Nos últimos anos, a rainha tem evitado tomar decisões sozinha para assinar acordos, tratados ou medidas. Mesmo assim, mantém uma caneta-tinteiro em sua bolsa, guardada adequadamente um uma caixa de espuma para evitar vazamentos. Os usos mais frequentes são em viagens internacionais, onde a rainha ainda assina a entrada e saída do hotel.


5. Aparelho celular

Havia uma especulação, citada pelo The Mirror, em relação ao modelo utilizado pela rainha; apesar de ter acesso aos mais modernos aparelhos, acreditava-se que Elizabeth andava com um modelo mais antigo e simples, apenas para realizar ligações. Durante a pandemia de coronavírus, entretanto, foi descoberto que se trata de um smartphone, pois a rainha realizou videochamadas por ele no período que esteve em quarentena.


6. Carteira personalizada

Um dos itens exclusivos recebidos na bolsa Traviata, produzida sob medida para a rainha pela loja Launer, é uma carteira feita com o mesmo couro e detalhes da bolsa maior. Tanto o acessório quanto o suporte não possuem zíperes, visto que podem machucar a rainha ou causar um vazamento.


7. Espelho

Preocupada com qualquer imperfeição no rosto, a vaidosa monarca carrega sempre um pequeno espelho retrátil, já regulado para o grau de sua visão. Os usos mais frequentes são em transições de eventos, como durante os transportes e após as refeições.


8. Batom

A rainha abdica de carregar outros itens cosméticos para o retoque de sua maquiagem, porém, o batom é item garantido em sua bolsa, sendo reposto por funcionários de acordo com o uso e necessidade de combinar com a vestimenta. O batom que carrega não tem um tom tão forte nem tão claro, de maneira que seja utilizável em diversas situações.


9. Amuletos da sorte

Elizabeth II saindo de evento, acompanhada de sua inseparável bolsa preta / Crédito: Wikimedia Commons

 

Como uma boa vovó, o amor pelos familiares é presente nos itens pessoais de Elizabeth II; de acordo com os funcionários, a rainha carrega diversos tipos de bugigangas e pequenas lembranças dadas pelos filhos e netos, como cavalos e cachorros de brinquedo, chaveiros e fotos pessoais.


10. Pouco dinheiro

Esse item é exclusivo dos eventos oficiais aos domingos; a monarca costuma carregar notas de £ 5 e £ 10 para depositar em urnas de doações para conventos e igrejas. Religiosa, costuma manter as quantias pequenas por compreender que são suficientes para ajudar as instituições.


+Saiba mais sobre a Família Real Britânica em grandes obras disponíveis na Amazon:

Diana. O Último Amor de Uma Princesa, de Kate Snell (2013) - https://amzn.to/2TgHgPO

The Queen: The Life and Times of Elizabeth II (Edição Inglês), de Catherine Ryan (2018) - https://amzn.to/2RhgNA7

God save the queen - O imaginário da realeza britânica na mídia, de Almeida Vieira e Silva Renato (2015) - https://amzn.to/2xTkiGd

O Amor Da Princesa Diana, de Anna Pasternack (2018) - https://amzn.to/2xOZ8c9

A história do século XX, de Martin Gilbert (2017) - https://amzn.to/2yFZMcv

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W