Matérias » Astronomia

Os mistérios do TrES-4, o maior planeta do Universo

O gigante celeste tem as dimensões de quase dois Júpiters, mas a mesma densidade de uma rolha

Ingredi Brunato Publicado em 26/08/2020, às 18h04

Representação artística de TrES-4 ao lado de Júpiter
Representação artística de TrES-4 ao lado de Júpiter - Wikimedia Commons

O TrES-4 é um planeta que foi observado pela primeira vez em 2006 pelos astrônomos do observatório Lowell, no Arizona, Estados Unidos. Sua descoberta foi divulgada na revista astronômica Astrophysical Journal no ano seguinte. 

Até hoje, o TrES-4 ocupa o posto de maior planeta já encontrado pela humanidade, sendo quase duas vezes maior que Júpiter. O gigante faz parte da constelação de Hércules e orbita um sistema solar com dois sóis. 

Seu nome vem das iniciais do projeto do qual fazem parte os pesquisadores que o encontraram: é o Trans-Atlantic Exoplanet Survey, ou Busca Transatlântica por Exoplanetas, em tradução livre. Essa busca planetária foi feita usando telescópios não só no Arizona, mas também na Califórnia e nas Ilhas Canárias. 

Muito grande e muito vazio 

Mais impressionante que seu tamanho, é a densidade do planeta gigante, que é de apenas 0,2 gramas com centímetro cúbico — a mesma de uma rolha. Por conta dessa característica curiosa, o TrES-4 já foi apelidado também de planeta-cortiça. Para dar uma ideia do absurdo, esse corpo celeste é 70% maior que Júpiter, o maior planeta do nosso Sistema Solar, e, no entanto, é leve o suficiente para poder flutuar na água. 

Por ser muito próximo da estrela que orbita, apenas 7 milhões de quilômetros, o planeta é também muito quente: um dia típico por lá têm cerca de 1,3 mil graus celsius. Apesar disso, o TrES-4 não podia ser explicado pelos modelos teóricos para planetas gigantes superaquecidos que os cientistas tinham até então, tendo sido um mistério desde o primeiro momento de sua descoberta. 

Até hoje, os astrônomos não sabem explicar porque esse planeta é tão grande, tanto que se fosse para analisá-lo de acordo com os conhecimentos atuais, ele nem deveria existir. "TrES-4 parece ser um problema teórico", disse Edward Dunham, um membro da equipe de estudo do observatório Lowell. "Os problemas são bons, pois aprendemos coisas novas resolvendo-os."

Representação artística de planeta Júpiter. Crédito: Wikimedia Commons 

 

Outras curiosidades

Justamente por conta de sua força gravitacional baixíssima — que é o que permite sua densidade de rolha — o planeta gigante também apresenta outro efeito incomum. Quando ele se move, parte de sua atmosfera escapa, fazendo com que ele deixe um rastro semelhante a um cometa. 

Segundo Georgi Mandushev, outro dos astrônomos do observatório Lowell, que esteve envolvido na descoberta, “provavelmente não existe uma superfície plana no planeta, nós afundaríamos nele se pisássemos”. 

Outra curiosidade é que o TrES-4 demora apenas três dias e meio para completar sua órbita em torno da estrela-mãe. Isso significa que um ano nele dura menos que uma semana na Terra. 

Por fim, também é possível que esse planeta gigante esteja próximo de seu fim. Isso porque a estrela em volta da qual ele gira, a GSC02620-00648, já esgotou todo o seu combustível interno. Portanto, ela está próxima de sua morte, em que a estrela se tornará uma gigante vermelha (que é mais fria que outras mais brilhantes, como o nosso Sol atualmente), engolfando planetas que estejam muito próximos, tal como o TrES-4. 


+Saiba mais sobre o universo por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

O Universo Numa Casca de Noz, de Stephen Hawking (2016) - https://amzn.to/2ydRqJd

Uma Breve História do Tempo, de Stephen Hawking (2015) - https://amzn.to/3cSYTMm

Um universo que veio do nada, de Lawrence Krauss (2012) - https://amzn.to/35dXFsD

O nascimento do universo, de Judith Nuria Maida e Fernando Vilela (2019) - https://amzn.to/3daLeAH

Universo, de Thmas Eaton (2017) - https://amzn.to/2YiGsge

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W