Matérias » Religião

Ossuário de Sedlec: A capela macabra feita de ossos humanos

O local foi construído no século 15 e ainda hoje atrai diversos visitantes

Victória Gearini | @victoriagearini Publicado em 29/08/2021, às 09h00

Ossuário de Sedlec, a capela macabra
Ossuário de Sedlec, a capela macabra - Divulgação / Youtube / GoEuropa

Localizada a 80 quilômetros de Praga, na República Tcheca, uma capela atrai diversos turistas ao longo das décadas. Isso porque, o local é decorado com ossos de mais de 40 mil esqueletos.

Conhecida como Ossuário de Sedlec, a capela foi construída por volta do século 15, sob um cemitério antigo. 

Suposto solo sagrado

De acordo com a BBC, a história do local remete ao ano de 1278, quando o solo da região foi considerado sagrado por muitos fiéis. Tal fato se deu graças um abade da cidade, que após fazer uma peregrinação até Jerusalém, teria espalhado pelo cemitério um pouco da terra onde Jesus Cristo supostamente teria sido crucificado. 

Parte da aquitetura da capela macabra / Crédito: Divulgação / Youtube / GoEuropa

 

Pouco tempo depois, a notícia viralizou pela Boêmia, atraindo centenas de fiéis à região. A partir disso, muitas pessoas desejavam ter seus entes queridos enterrados no suposto solo sagrado. 

Localizado a 80 quilômetros de Praga, na República Tcheca, o antigo cemitério se tornou muito popular, sendo o principal local de cerimônias fúnebres. 

A tradição

Já no século 14, a Europa foi assolada pelo surto da peste negra, que matou milhares de pessoas em todo o continente. Estima-se que 30 mil vítimas da praga tenham sido enterradas no antigo cemitério. 

Ossos humanos no Ossuário de Sedlec / Crédito: Divulgação / Youtube / GoEuropa

 

Com o passar do tempo, os rumores que o solo da região era sagrado ganharam força entre os habitantes. Entre 1419 e 1434, outras 10 mil foram enterradas no local, após as Guerras Hussitas. 

O Ossuário de Sedlec

No século 15, o antigo cemitério deu espaço para a construção do Ossuário de Sedlec. Na época, foi preciso retirar os restos mortais para erguer a construção da igreja gótica. 

O interior do Ossuário de Sedlec / Crédito: Divulgação / Youtube / GoEuropa

 

Os esqueletos foram transferidos para um novo ossuário, mas, em 1870, foram retirados de onde descansavam para servir de objetos de decoração da famosa capela. 

Atualmente, os ossos compõem a arquitetura da capela ‘macabra’. Tal fato, atrai milhares de turistas há anos, que por fé ou curiosidade, visitam o Ossuário de Sedlec para conhecer a história do local que supostamente abrigaria parte da terra onde Jesus Cristo foi crucificado.


+Saiba mais sobre religiões por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

Como A Igreja Católica Construiu A Civilização Ocidental, de Thomas E. Woods Jr (2017) - https://amzn.to/2ya3872

Cartas à igreja, de Francis Chan (2019) - https://amzn.to/3b1iBFk

Box Heróis da Igreja, de Al Truesdale (2020) - https://amzn.to/3cdOQ4l

O livro das religiões, de Vários Autores (2016) - https://amzn.to/3c2VJFe

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W