Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Matérias / Elvis Presley

Para Tony Bennett, músicas de Elvis Presley 'não impressionam'

Tony Bennett explicou que gostava de Elvis Presley, mas as músicas não o impressionavam

Éric Moreira, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 14/07/2022, às 16h14

Elvis Presley quando jovem, no auge de sua fama, e Tony Bennett, cantor estadunidense - Foto por No-longer-here pelo Pixabay / Getty Images
Elvis Presley quando jovem, no auge de sua fama, e Tony Bennett, cantor estadunidense - Foto por No-longer-here pelo Pixabay / Getty Images

Tony Bennett é um cantor estadunidense de 95 anos cuja carreira é marcada predominantemente por música pop tradicional, melodias para shows e jazz, ao longo de quase 70 anos cantando profissionalmente. Com uma carreira tão longa, claro que Bennett foi contemporâneo a diversos movimentos e ídolos musicais, e um dos mais chamativos definitivamente foi Elvis Presley.

Apesar de Tony e Elvis terem feito muito sucesso, não necessariamente Bennett era um grande fã das músicas do 'rei do rock'. Pelo contrário, o músico até mesmo fez diversas críticas às produções de Presley ao longo da carreira, sem que enalteça cegamente suas produções.

Tony Bennett e Elvis Presley quando mais jovens
Tony Bennett e Elvis Presley quando mais jovens / Foto por Fotograaf Onbekend / Anefo pelo Wikimedia Commons / Foto por Rossano aka Bud Care pelo Wikimedia Commons

Durante uma entrevista ao The Guardian em 2013, quando questionado se Elvis Presley teve um impacto maior na música do século XX do que Frank Sinatra, ele simplesmente disparou: "você não pode compará-los."

Presley é música country, música de bancos. Jazz é música negra - foi inventado por [pessoas negras] em Nova Orleans. Realmente sou um cantor de jazz. Fiquei impressionado com Elvis - era o cara mais bonito que já conheci na minha vida, e uma pessoa muito legal também. Mas a música não me impressiona", acrescentou na entrevista.

Outros artistas

Apesar de Bennett apontar que as músicas de Elvis Presley não o impressionavam, isso não faz dele alguém que aponte defeitos em todos os outros artistas. Pelo contrário, de acordo com o The Hollywood Reporter — revista estadunidense voltada à indústria do entretenimento —, o cantor chegou a elogiar bastante Amy Winehouse por 'saber cantar corretamente', ao contrário do 'rei do rock'.

Ela era realmente, desde Elvis Presley, Beatles e Rolling Stones... era a única cantora a qual cantava da maneira certa", contou, como informado pela Rolling Stone Brasil.

Além da cantora britânica, Tony Bennet também elogiou o trabalho de Lady Gaga — inclusive, juntos produziram o álbum 'Love for Sale', de 2021, além de cantarem em dueto em outras ocasiões —, e já contou sobre reação após ouvir performance da estrela do pop de 'Can’t Help Falling in Love', de Elvis.

Quando ouvi [Lady Gaga] cantar, soube como ela realmente sabia cantar", disse à Today, jornal diários dos Estados Unidos. "Minha primeira reação foi: ela seria maior que Elvis Presley ao longo da vida. Ela estará por aqui para sempre", completou.
Capa do álbum 'Love for Sale', de Tony Bennett e Lady Gaga
Capa do álbum 'Love for Sale', de Tony Bennett e Lady Gaga / Divulgação/YouTube/LadyGagaVEVO

"Companheiro musical"

Durante conversa no talk show norte-americano 'The Late Show with Stephen Colbert', apresentado pelo comediante Stephen Colbert, Lady Gaga comentou sobre parceria com Tony Bennett e também elogiou muito o trabalho que a dupla realizou juntos.

Eu amo muito o Tony (Bennett). Ele é meu companheiro musical. Eu sou muito próxima de sua família, isso inclui sua incrível esposa Suzan. Ele é um ser humano incrível", disse a cantora estadunidense durante a entrevista. "A música é mágica em sua vida, é um milagre", completou, ao falar sobre a importância da música para a vida de Bennett em sua luta contra o Alzheimer.