Matérias » Personagem

Paulo Rezzutti, o escritor que busca a história não contada do Brasil Império

Rezzutti já conta com sete livros publicados e foi vencedor do 58º Prêmio Jabuti de Literatura

Redação Publicado em 25/07/2021, às 09h00 - Atualizado em 26/07/2021, às 12h09

Paulo Rezzutti em imagem pessoal
Paulo Rezzutti em imagem pessoal - Arquivo pessoal

Foi com a publicação da obra 'Títilia e o Demonão: Cartas inéditas de D. Pedro I à marquesa de Santos', que o talento de Paulo Rezzutti atingiu o Brasil inteiro, contudo, o interesse pela História já existia muito antes do lançamento esplêndido, que até hoje impressiona os brasileiros fascinados pela história da monarquia no Brasil.

Nascido em 26 de setembro de 1972, Rezzutti cresceu numa família de pintores. Desde jovem a arte já estava presente em sua vida. Fascinado por arquivos históricos, principalmente aqueles que relembram a história da cidade de São Paulo, Paulo sempre teve interesse na área. 

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Paulo Rezzutti (@paulorezzutti)

 

Sua carreira mudou no momento que se deparou com 94 cartas, até então, inéditas, que estavam no arquivo da Hispanic Society of America, em Nova York. Era uma descoberta surpreendente. As correspondências tratavam de relatos íntimos de Pedro I e sua amante, Domitila.

“Não dava para colocar tudo aquilo na biografia, eu tive que parar tudo só pra isso [...] É algo inesquecível, quando eu comecei a transcrever as cartas e vi que aquilo tudo era inédito foi um dos dias mais felizes da minha vida, parecia que eu tinha achado um tesouro”.

Com sete livros publicados atualmente, sendo a maioria sobre a saga do Brasil Império, Paulo se tornou um dos grandes autores da história do período. Paulo também é membro titular do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo, além de membro correspondente dos Institutos Históricos de Campos dos Goytacazes e de Petrópolis. 

Diante de sua contribuição para o nosso país, Rezzutti é um dos homenegados do prêmio 'Descobertas do Ano', que comemora os 18 anos da Aventuras na História ao reconhecer e destacar nomes cruciais para a área em nosso país.

Além disso, Paulo também concorre na categoria 'Canal favorito no Youtube', que poderá ser votada até o dia 26 de julho. Já o resultado será divulgado através de um vídeo especial nas redes da Aventuras na História em 1º de agosto. 

Abaixo, você confere alguns dos fatos que marcam a vida e a carreira de Paulo Rezzutti.