Matérias » Entretenimento

Perdidos na Noite: Relembre o programa apresentado pelo jovem Fausto Silva

O comunicador obteve projeção nacional com a atração na Band — emissora para qual retorna após 33 anos na Globo

Wallacy Ferrari, sob supervisão de Alana Sousa Publicado em 03/05/2021, às 16h00

Cenas do programa 'Perdidos na Noite'
Cenas do programa 'Perdidos na Noite' - Divulgação / Bandeirantes / YouTube

Aos mais novos, Fausto Silva é conhecido pelo longevo ‘Domingão do Faustão’, transmitido há 33 anos seguidos nas tardes de domingo da TV Globo. Por alguns anos anteriores, a faixa ficou ocupada com diversas atrações que tentavam competir com o semanal de Silvio Santos em emissoras rivais, consolidando a liderança com a chegada do apresentador para bater de frente com outros programas e disputar com o auge do Domingo Legal, de Gugu Liberato.

Contudo, os mais velhos ainda podem se lembrar de um marco transgressor de Faustão no início da televisão brasileira. O apresentador surgiu na TV Gazeta após anos como repórter em jornais e rádio, tendo destaque na Rádio Globo com o ‘Balancê’, onde mostrou sua veia humorística. Dessa maneira, chamou atenção do lendário Goulart de Andrade, que fez questão de transformar o sucesso em programa de TV, como informa a Jovem Pan.

Em pouco tempo, fez a transição para a RecordTV e, dois anos depois, para a Bandeirantes, sendo nacionalmente conhecido — e cobiçado pela Globo, onde foi contratado em 1989. Contudo, em 2021, o apresentador anunciou o retorno para a emissora do Morumbi que o projetou para todo o Brasil, retomando as especulações da volta de seu programa mais quimérico.

Faustão underground

A produção não era gravada em estúdios, mas em um teatro — especificamente o Teatro Záccaro, no bairro da Bela Vista, em São Paulo. De tal forma, o tom improvisado do cenário e disposição dos equipamentos marcou a apresentação de Fausto, que aproveitava as movimentações de funcionários da equipe de produção para satirizá-los sem piedade, chegando a fazer uso de palavrões.

A produção correspondia a um progresso de décadas, visto que iniciou juntamente com o processo de reabertura política, caminhando com o fim do regime militar e, em decorrência dele, do AI-5, que instaurava a censura nacional de telecomunicação. Fausto não apenas recebia convidados, com apresentações históricas de Legião Urbana e Titãs, mas também contava piadas aos moldes do que hoje é conhecido como stand-up comedy.

O humor ácido rendeu algumas polêmicas; de acordo com o Correio Braziliense, as críticas políticas tinham Jânio Quadros, então prefeito de São Paulo, e o presidente José Sarney, como favoritos, chegando a estimular a plateia a levar cartazes os satirizando e reclamando de conhecidos da produção e apresentação. Jânio chegou a ameaçar a Band de processo após uma piada do programa que relacionava sua idade avançada com a cura da AIDS, doença então recém-descoberta.

Possível volta

De acordo com o portal Notícias da TV, houve uma tentativa de reviver o programa que tornou Fausto famoso — mesmo após sua saída para a TV Globo. Em 2004, o apresentador José Luiz Datena trabalhou em conjunto com a então diretora artística da Band, Marlene Mattos, para refazer a atração com o mesmo título, chegando a contar com a irmã de Faustão, Leonor Corrêa, na direção do piloto.

Embora o programa tenha chegado a ser gravado, contando com algumas personalidades que acompanhavam o apresentador original da primeira versão, não agradou a direção e nem Datena, engavetando o projeto em outubro do mesmo ano, sem tirar a ideia do papel. A ideia reascendeu com o anúncio da volta de Fausto Silva em 2022 para a Bandeirantes.

A emissora já prevê, em nota ao portal F5 da Folha de S. Paulo, que o programa deve estrear entre janeiro e fevereiro, mas não revelou projetos de horário ou colocação na casa — mas com a certeza de que o "Perdidos da Noite" foi um marco do comunicador.


+Saiba mais sobre o tema através de grandes obras disponíveis na Amazon:

Biografia da televisão brasileira, de Flávio Ricco e José Armando Vannucci (2017) - https://amzn.to/2I33IoX

101 atrações de TV que sintonizaram o Brasil, de Patrícia Kogut (Ebook) - https://amzn.to/2T6sZF0

Almanaque da telenovela brasileira, de Rodolfo Rodrigues (Ebook) -https://amzn.to/2TrzzFn

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W