Matérias » Entretenimento

A pesquisa que revelou o filme mais assustador

Por meio da ciência, foi possível identificar a produção de terror que mais impactou os telespectadores

Isabela Barreiros, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 04/04/2021, às 10h00

Cenas dos filmes A Entidade e Supernatural
Cenas dos filmes A Entidade e Supernatural - Divulgação

Ao longo dos anos, inúmeros debates são travados por consumidores de filmes de terror para decidir qual, afinal, é o longa mais aterrorizante de todos os tempos. Mas a verdade é que quase nunca é possível chegar em uma conclusão plausível, afinal, a escolha seria muito subjetiva.

Agora, através de um estudo divulgado ao público no final do ano passado, a empresa britânica de banda larga Broadband Choices foi responsável por um projeto que levou o nome 'Projeto Ciência do Pavor'. Seu objetivo? Definir, por meio da ciência, o filme mais assustador já feito.

Para chegar nessa conclusão, foi realizada uma pesquisa que consistia em rastrear os batimentos cardíacos de 50 pessoas das mais diferentes idades enquanto elas assistiam produções de terror. No total, os indivíduos foram expostos a mais de 100 horas de filmes do gênero.

Como relatou a Forbes, cada pessoa foi equipada com um monitor de frequência cardíaca enquanto assistia ao filme. A ideia era entender o modo como as produções aumentavam os batimentos — e qual delas era responsável pelo maior aumento, em questão de proporções. 

“Com mais pessoas do que nunca enfrentando o Halloween em casa, nosso estudo da Ciência do Pavor foi projetado para ajudar as pessoas a encontrar os filmes mais cientificamente assustadores já feitos, poupando-lhes o tempo de pesquisar entre milhares de títulos em serviços de streaming como Amazon, Netflix e Shudder”, explicou o criador do projeto, Daniel Clifford, ainda segundo o portal.

A amostra — ou seja, os filmes assistidos — foi coletada a partir de sua maior audiência. Os especialistas selecionaram os 50 filmes de terror mais assistidos de todos os tempos conforme as classificações de veículos como IMDB, Rotten Tomatoes e Reddit. Foram divulgados, ao final do estudo, as 35 produções de terror mais aterrorizantes segundo a ciência.

Os resultados

Cena do filme A Entidade / Crédito: Divulgação

 

Segundo o estudo, o filme mais assustador já produzido é A Entidade (2012), dirigido por Scott Derrickson. O longa-metragem é protagonizado por Ethan Hawke, que começa a investigar o que parecem ser crimes cometidos por um assassino em série. Na verdade, tratava-se de algo paranormal e, claro, do mal.

Enquanto assistiam a esse filme, as pessoas tiveram um aumento de 32% em seus batimentos cardíacos por minuto, em relação à média em repouso. De 65 batimentos por minuto, a média foi para entre 84 e 86 BPM em 95% dos indivíduos que participaram do estudo. 

Com esse critério, ao acelerar o coração da audiência, A Entidade conquistou o título de filme de terror mais assustador. No entanto, ele não foi a produção que mais causou sustos inesperados, que são conhecidos por seu nome em inglês ‘jump scares’, em seus espectadores.

Divulgação do filme Supernatural / Crédito: Divulgação

 

Na segunda posição de terror, ficou o filme Sobrenatural (2010), dirigido por James Wan. Ele fez com que pessoas ficassem com batimentos cardíacos a 133 BPM devido aos seus jump scares, causados por cenas inesperadas e assustadoras ao longo da produção. Segundo a pesquisa, essa foi a maior pontuação entre a amostra analisada. 

A Broadband Choices, empresa responsável pelo projeto, divulgou ainda parte da lista para o público. Conforme repercutido pela Rolling Stone, confira os filmes classificados:

1. ‘A Entidade’

2. ‘Sobrenatural’

3. ‘Invocação do Mal’

4. ‘Hereditário’

5. ‘Atividade Paranormal’

6. ‘Corrente do Mal’

7. ‘Invocação do Mal 2’

8. ‘O Babadook’

9. ‘Abismo do Medo’

10. ‘A Visita’